Atividades Educativas, Interpretação de Texto

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo


Selecionamos nesta postagem diversas Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo, prontas para copiar e imprimir e trabalhar em sala de aula ou como tarefa para casa. São sugestões de atividades educativas sobre futebol.

De quatro em quatro anos, seleções de futebol de diversos países do mundo se reúnem para disputar a Copa do Mundo de Futebol.

A competição foi criada pelo francês Jules Rimet, em 1928, após ter assumido o comando da instituição mais importante do futebol mundial: a FIFA (Federation International Football Association).

A Copa do Mundo FIFA de 2018 ou Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2018 será a vigésima primeira edição deste evento esportivo, um torneio internacional de futebol masculino organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), que ocorrerá na Rússia, anfitriã da competição pela primeira vez. Com onze cidades-sede, o campeonato será disputado entre 14 de junho e 15 de julho.

Veja também em:

Em em escolas de todo o pais, professores, principalmente das series iniciais (Educação Infantil e Ensino Fundamental), utilizam esse tema para trabalhar em sala de aula. E foi pensando nisso que selecionamos essas super sugestões de Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo, confira:

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo –  Meu Brasil Brasileiro

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo – Gol Contra

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo – É uma partida de Futebol com gabarito

Bola na trave não altera o placar
Bola na área sem ninguém pra cabecear
Bola na rede pra fazer o gol
Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?

A bandeira no estádio é um estandarte
A flâmula pendurada na parede do quarto
O distintivo na camisa do uniforme
Que coisa linda é uma partida de futebol

Posso morrer pelo meu time
Se ele perder, que dor, imenso crime
Posso chorar se ele não ganhar
Mas se ele ganha, não adianta
Não há garganta que não pare de berrar

A chuteira veste o pé descalço
O tapete da realeza é verde
Olhando para bola eu vejo o sol
Está rolando agora é uma partida de futebol

O meio-campo é lugar dos craques
Que vão levando o time todo pro ataque
O centroavante, o mais importante
Que emocionante, é uma partida de futebol

O meu goleiro é um homem de elástico
Os dois zagueiros têm a chave do cadeado
Os laterais fecham a defesa
Mas que beleza é uma partida de futebol!

Bola na trave não altera o placar
Bola na área sem ninguém pra cabecear
Bola na rede pra fazer o gol
Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?

O meio-campo é lugar dos craques
Que vão levando o time todo pro ataque
O centroavante, o mais importante
Que emocionante é uma partida de futebol!

Utêrêrêrê, utêrêrêrê, utêrêrêrê, utêrêrêrê.

Samuel Rosa / Nando Reis.

Entendendo a canção:

01 – “Posso morrer pelo meu time”. Qual o sentido da palavra “morrer” e “Crime” no contexto da canção?
— Morrer: de alegria ou tristeza.
— Crime: é perder a partida.

02 – Por que a derrota é considerada um crime pelo eu poético?
Porque para o eu poético só interessa a vitória.

03 – “Não há garganta que não pare de berrar”. Por que o eu poético não vai parar de berrar?
Porque é a emoção a alegria de ver o seu time ganhar. É a explosão de felicidade.

04 – A que tipo de pessoas a letra da canção está se referindo quando diz que o pé estaria descalço antes de calçar a chuteira.
Refere-se aos pés dos jogadores, dos times.

05 – O tapete da realeza é verde diz a canção. Quem é a realeza? Por quê?
A realeza é o estádio. Porque ali é que vai acontecer a partida de futebol.

06 – O eu poético vê o sol no campo de futebol, por quê?
Porque, a bola é redonda e tem o mesmo formato do sol.

07 – Por que, segundo o texto, o meio-campo é lugar dos craques?
Porque o meio campo é composto, pelos jogadores de ataque, os que tem a responsabilidade de fazer o(s) gol(s) e dar a vitória ao time.

08 – Segundo a canção o goleiro é um homem de elástico, por quê?
Porque ele tem que fazer o impossível para defender o gol, pulando, saltando, e não deixar a bola passar.

09 – Os zagueiros têm o cadeado do quê? Por que eles têm a chave?
No futebol, os zagueiros tem a obrigação de não deixar a bola passar rumo ao seu gol. Por isso é que se diz que ele tem a chave do cadeado.

10 – “Qual é o problema de não haver ninguém na área para cabecear? Cabecear o quê? Em que direção?”
Se não tiver um jogador adversário na área, não terá a chance de fazer o gol. Cabecear a bola. Em direção ao gol.

11 – “Posso chorar, se ele não ganhar, mas se ele ganha,” a palavra destacada, está opondo duas ideias nesse trecho do texto. Quais são essas ideias? Por que elas são opostas?
As ideias são que posso ou não chorar se ele ganhar.
Quando usamos a conjunção “mas”, é adversativa, ou seja, expressa ideia de contraste ou compensação.

12 – O que você considera emocionante em uma partida de futebol?
Resposta pessoal do aluno.

13 – A canção faz a seguinte pergunta: “Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?” Você já sonhou em ser um jogador? Por quê?
Resposta pessoal do aluno.

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo -Pra frente Brasil


Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo – A bola

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo - A bola

A bola

O pai deu uma bola de presente ao filho. Lembrando o prazer que sentira ao ganhar a sua primeira bola do pai. Uma número 5 sem tento oficial de couro. Agora não era mais de couro, era de plástico. Mas era uma bola.

O garoto agradeceu, desembrulhou a bola e disse “ legal! “. Ou os que os garotos dizem hoje em dia quando gostam do presente ou não querem magoar o velho. Depois começou a girar a bola, à procura de alguma coisa.

– Como é que liga?- Perguntou.
– Como, como é que liga? Não se liga.
O garoto procurou dentro do papel de embrulho.
– Não tem nenhuma instrução?
O pai começou a desanimar e a pensar que os tempos são outros. Que os tempos decididamente outros.
– Não precisa manual de instrução.
– O que é que ela faz?
– Ela não faz nada. Você é que faz coisas com ela.
– O que?
– Controla, chuta…
– Ah, então é uma bola?
– Claro que é uma bola.
– Uma bola, bola. Uma bola mesmo.
– Você pensou que fosse o quê?
– Nada, não.

O garotinho agradeceu, disse “ Legal! “, de novo, e dali a pouco o pai o encontrou na frente da tevê, com a bola nova do lado, manejando os controles de um videogame. Algo chamado MONSTER BALL, em que times de monstrinhos disputavam a posse de uma bola em forma de blip eletrônico na tela ao mesmo tempo que tentava se destruir mutuamente. O garoto era bom no jogo. Tinha coordenação e raciocínio rápido. Estava ganhando da máquina.

O pai pegou a bola nova ensaiou algumas embaixadinhas. Conseguiu equilibrar a bola no peito do pé, como antigamente, e chamou o garoto.

– Filho, olha.

O garoto disse “ legal “, mas não desviou os olhos da tela. O pai segurou a bola com as mãos e a cheirou, tentando recuperar mentalmente o cheiro do couro. A bola cheirava a nada. Talvez um manual de instrução fosse uma boia ideia, pensou. Mas em inglês, para a garotada se interessar.

ATIVIDADES

1) O primeiro parágrafo do texto compara a primeira bola do pai, que ele ganhara de presente na infância, com a bola que ele comprou para seu filho. Quais as principais diferenças entre esses dois objetos?

2) O que teria levado o menino a fazer perguntas como “Como é que liga?”, “Não tem manual de instrução?” ou “O que ela faz?” Será que, há alguns anos, os brinquedos propiciavam esse tipo de pergunta?

3) Observe o seguinte fragmento do texto: “O garoto agradeceu, disse ‘Legal’ de novo, e dali a pouco o pai o encontrou na frente da tevê, com a bola nova ao lado, manejando os controles de um videogame”. A reação do menino, ao receber o presente evidenciou empolgação? Por quê?

4) Imagine uma possível reação caso o menino tivesse, de fato, gostado bastante do presente.

5) Você sabe o que significam as expressões “Monster ball” e “blip”?

6) No antepenúltimo parágrafo do texto, o pai faz uma outra tentativa para cativar a atenção do filho. O que ele fez? Ele obteve sucesso? Qual a frase do texto que evidencia a reação do menino?

7) Observe a seguinte frase do texto: “- Como é que liga? – perguntou.” Por que o autor utilizou o travessão neste e em outros trechos do texto?

8) Em que momento o autor utilizou (“)? Por quê?

9) Por que no fragmento “Controla, chuta…” o autor utilizou reticências?

10) O texto é narrado em 1ª ou 3ª pessoa? Justifique:

11) O texto “A Bola” é um texto narrativo. Por quê?

12) Em relação ao enredo, responda:
a) Qual é a situação inicial do texto?
b) Qual é a complicação?
c) Qual é a dinâmica de ações dos personagens?
d) Qual é a resolução encontrada?
e) Qual é a solução final?

13) Qual é o ambiente, ou seja, o espaço onde a história se desenvolve? Justifique com trechos do texto.


Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo – Eu também quero jogar

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo - Eu também quero jogar

EU TAMBÉM QUERO JOGAR!

Pois eram dois irmãos: um menino, o
Pedro. E uma menina, a Joana.
Eles viviam com os pais, seu Setúbal e dona Brites.
E os problemas que eles tinham não eram diferentes dos problemas de todos os irmãos.
Por exemplo…
Pedro pegava a bola para ir jogar futebol,
lá vinha Joana:
– Eu também quero jogar!
Pedro danava:
– Onde é que já se viu mulher jogar futebol?
– Ué, toda hora eu vejo! Tem até jogo de artistas de televisão! E mesmo que não visse… Uma
vez é a primeira!
– Eu é que não vou levar você! O que é que meus amigos vão dizer?
– E eu estou ligando pro que os seus amigos vão dizer?
– Pois eu estou. Não levo e pronto!
Joana ficava furiosa, batia as portas, chutava o que encontrasse no chão, fazia cara feia.
Dona Brites ficava zangada:
– Que é isso, menina? Que comportamento! Menina tem que ser delicada, boazinha…
– Boazinha? Pois sim! – respondeu Joana de maus modos.

Ruth Rocha

1) O problema que dá origem à esta história é: (0,1)

( ) Irmãos do mesmo sexo que têm problemas de relacionamento.
( ) Mãe e filho não tem bom relacionamento.
( ) Irmãos de sexos diferentes que têm problemas de relacionamento.

2) O texto mostra um tipo de preconceito que é comum entre meninos e meninas. Que tipo de preconceito é este? (0,2)

3) No trecho

“Eu também quero jogar!
Pedro danava: Pedro danava:
_ Onde é que já se viu mulher jogar futebol?”

A expressão em destaque significa: (0,1)

( ) não se importava
( ) ficava irritado
( ) gritava mais alto

4) O tema do texto é: (0,2)

( ) O preconceito entre meninas e meninos.
( ) A briga diária de dois irmãos.
( ) A falta de paciências dos pais.

5) No trecho “Eles viviam com os pais, seu Setúbal e dona Brites.” A palavra destacada pode ser substituída por quais personagens do texto? (0,1)

6) Leia novamente a frase abaixo.
– Boazinha? Pois sim! – respondeu Joana de maus modos.

• Nesta frase, a palavra modos significa: (0,2)

( ) Posição do corpo.
( ) Maneira de dizer.
( ) Jeito de conseguir algo.

7) Esse texto foi escrito para: (0,2)

( ) Ensinar brincadeiras entre irmãos.
( ) Alertar sobre o preconceito.
( ) Criticar o carinho exagerado entre pais e filhos.

8) Que reação Joana tinha quando seu irmão não a levava para jogar bola? (0,2)

9) Que motivo João teve para não levar sua irmão ao jogo de futebol? (0,2)

10) Nesse texto, o narrador é: (0,2)

( ) a Joana
( ) seu Setúbal
( ) o Pedro
( ) a Ruth Rocha
( ) a Dona Brites

11) Assinale os adjetivos que se referem a Joana: (0,2)

( ) delicada
( ) teimosa
( ) questionadora
( ) sossegada


Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo para imprimir

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo para imprimir Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo para imprimir Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo para imprimir Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo para imprimir


Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo – O tataravô do futebol

Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo - O tataravô do futebol

O tataravô do futebol

Foram os chineses que inventaram o futebol há cerca de 4.500 anos. Se bem que o que eles jogavam naquele tempo era uma espécie de tataravô do futebol moderno. Nem era considerado um esporte, mas apenas um treinamento para soldados. Os chineses antigos deram ao seu jogo o nome de Kerami. Cada time tinha oito jogadores e as balizas eram feitas com varas de bambu fincadas no chão. O negócio era chutar a bola para além das estacas e marcar pontos. Ninguém queria saber de defender só atacar.

O futebol continuou por muito tempo como treinamento para soldados. Foi assim na Grécia Antiga e também em Roma. Os jogadores gregos chutavam a bola feita com uma bexiga de boi cheia de areia. Coitados, seus pés deviam ficar doendo muito depois das partidas. Como eram soldados, não deviam ligar muito para isso.

Foi apenas no século XVII que os ingleses conseguiram tirar o futebol dos militares, transformando-o em esporte. O campo media então 120 metros de largura por 180 de comprimento. Em cada uma de suas extremidades existiam dois postes de madeira chamados goal (a palavra gol vem do inglês goal). A bola já era de couro cheia de ar. Mas era um jogo praticado apenas pelos ricos, os nobres.

Com o tempo, passou a ser praticado pelos alunos dos colégios internos. E era a maior confusão; cada colégio tinha as suas próprias regras e por isso não dava para marcar partidas entre eles. O jeito era organizar a coisa. Na cidade de Cambridge, os alunos de várias escolas fizeram uma reunião para estabelecer um código único de regras que servisse para todos. Nascia assim o futebol moderno.

Folha de São Paulo – Folhinha

Responda:

Marque (X) na resposta correta:

a) Quando e onde surgiu o futebol?
( ) Em Roma no ano de 4.500.
( ) Na China há cerca de 4.500.
( ) No século XVII, na Inglaterra.
( ) Em Kerami há cerca de 4.500 anos.

b) Qual era o nome que o jogo recebia e qual sua finalidade?
( ) Kerami. Era apenas um treinamento para soldados.
( ) Kerami. Era um jogo praticado apenas pelos ricos, os nobres.
( ) Kerami. Os chineses que inventaram o futebol
( ) Nenhuma das alternativas anteriores.
c) Onde e quando ele se tornou um esporte?

d) Quais as inovações que os ingleses acrescentaram ao esporte?

e) Qual o objetivo da criação das regras?
( ) Para ser considerado um esporte, mas apenas um treinamento para soldados.
( ) Por ser um jogo praticado apenas pelos ricos, os nobres.
( ) Cada colégio tinha as suas próprias regras e por isso não dava para marcar partidas entre eles.
( ) O negócio era chutar a bola para além das estacas e marcar pontos. Ninguém queria saber de defender só atacar.

f) Numere as frases na ordem em que aparecem no texto:

( ) A bola era feita com uma bexiga de boi cheia de areia.
( ) Os alunos fizeram uma reunião para estabelecer um código único.
( ) O futebol surgiu como um treinamento de soldados.
( ) Os chineses podem ser considerados os tataravós do futebol.

Sublinhe o sujeito das frases:

a) Uma fêmea caiu dos galhos de uma árvore e morreu na hora.

b) O jogador está machucado.

c) O macaco comeu todas as bananas.

d) A professora ensinou sujeito e predicado.

e) A Terra gira em torno do Sol.

f) Os lavradores preparam a terra.

Complete as frases com um sujeito adequado:

a) _____________ caiu do coqueiro.

b) ________________latiu a noite inteira!

c) ________________é uma mãe dedicada.

d) __________________foram ao circo.

e) _________________sabe toda a matéria da prova.

Sublinhe o predicado das frases:

a) As crianças estão abandonadas.

b) O cachorro é amigo do homem.

c) Meus primos estão morando longe da cidade.

d) O sol estava muito forte.

e) Raul gosta muito de sorvete.

f) Rafaela, Manuela e Roberta estão esperando a enfermeira.

Separe o sujeito do predicado:

a) Marcos é um aluno muito educado.
Sujeito __________________________
Predicado _____________________

b) O rei mandou pintar o palácio.
Sujeito _________________________
Predicado _________________________

c) Eduardo comemorou o aniversário na casa da praia.
Sujeito _________________________
Predicado _____________________

d) Nós almoçamos no restaurante.
Sujeito __________________________
Predicado _______________________

e) Meu cachorro está doente.
Sujeito _____________________________
Predicado __________________________

f) O jogo está empatado.
Sujeito _____________________
Predicado _____________________

Complete as frases com um predicado:

a) O goleiro __________________.

b) O computador _____________________.

c) A pobre menina _______________________.

d) A estrada ___________________________.

e) Meu colega __________________________.

f) O animal __________________________.


O que achou da postagem “Atividades de Interpretação de Texto Copa do Mundo”? Se gostou não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.


One Comment

  1. Gostei muito dos textos propostos, percebi que muitos destes eu pude adaptá-los aos níveis das turmas, sem contar que estes foram muito propícios a algum momento da atualidade.

    grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *