Força de atrito

As forças de atrito são contrarias ao movimento


A Força de atrito: Para fazer o cálculo de uma força ou aceleração de um corpo, devem ser consideradas que as superfícies por onde elas estão deslocadas não fazem nenhuma força contra o movimento.

Pois quando aplicada uma força, havia um deslocamento sem parada.

Por mais lisa que seja uma superfície, ela não está livre de atrito. Quando uma força é aplicada sobre um corpo em uma superfície, este corpo acaba parando.

Recomendamos também: Calorimetria.

A força de atrito:

  • É sempre oposto ao movimento
  • Depende da natureza e deformidades da superfície (coeficiente do atrito)
  • A força de atrito é proporcional a força normal dos corpos
  • Transforma a energia cinética em outro tipo de energia liberada ao meio.

Atrito dinâmico e estático

Ao empurrarmos um carro, observamos que até o momento do carro entrar em movimento, é preciso aplicar uma força maior que a força quando o carro já está se movimentando.

Atrito estático

É uma força que atua quando não acontece o deslizamento de corpos. Esta força é igual a força mínima necessária para a movimentação do corpo.

Quando um corpo está em repouso, a força de atrito deve ser maior que a força aplicada. No cálculo é usado um coeficiente de atrito estático.

Atrito dinâmico

É aplicada quando existe deslizamento dos corpos. Isso quando a força de atrito é ultrapassada pela força exercida no corpo, que entrará em movimento e neste momento, é considerada força de atrito dinâmico.

A força de atrito dinâmico sempre será menor que a força aplicada. Para cálculo é usado o coeficiente de atrito cinético.

Veja também:

____

Vídeo Aula: Força de atrito


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.