<

Matas da Floresta Amazônica


Quando nos referimos a Amazônia é comum que os inúmeros termos a ela relacionados nos cause dúvidas, como bioma amazônico, Domínio Morfoclimático da Amazônia, Amazônia Legal, dentre outros.

O termo Domínio Morfoclimático foi desenvolvido pelo geógrafo brasileiro Aziz Ab’ Saber, este cientista afirma que um conjunto de fatores naturais, como clima, relevo, solo, vegetação, dentre outros aspectos, interagindo em um espaço, forma uma unidade paisagística, ou seja, um Domínio Morfoclimático. O estudo feito no território brasileiro possibilitou que este geógrafo regionalizasse o país em Domínio Morfoclimático Amazônico, Cerrado, Caatinga, Araucária, Pradaria e Mares de Morros, além destes Domínios há áreas de transições.

O Domínio Morfoclimático Amazônico se refere um conjunto de fatores naturais, como vegetação de grande porte, assim como arbustos, epífitas, gramíneas, ou seja, há grande diversidade vegetal, formação de dossel, clima equatorial (elevada temperatura e índice de chuva ao longo de todo o ano), diversidade animal, floresta densa e úmida.

Quando nos referimos ao termo bioma, definido por Walter (1986), estamos remetendo a uma extensão territorial que reúne um microclima uniforme, assim como uma formação vegetal uniforme, fauna, solo, altitude e outros aspectos, também uniformes, que interagem entre si, dando ao local uma ecologia própria.

Assim como afirmado por Coutinho, o Domínio Morfoclimático da Amazônia, não é composto por um único bioma, ou um único tipo de floresta. Como exemplo podemos citar a mata de terra firme, mata de igapó e a mata de várzea.

Matas da Floresta Amazônica

O bioma da mata de terra firme consiste na vegetação presente em altitudes um pouco mais elevadas, longe dos rios, árvores de grande porte, próximas umas das outras, densas e úmidas. Podemos notar que nos referimos de um bioma, porque se trata de uma altitude uniforme, com vegetação com características uniformes, assim como o microclima, solo, hidrografia.

bioma da mata de terra firme

O bioma da mata de várzea, trata-se de uma vegetação adaptada com as cheias dos rios, ou seja, parte do ano o índice de chuva será maior, elevando o nível do rio, causando uma cheia e a água terá contato sazonal com a vegetação da mata de várzea.

Bioma da mata de várzea

O bioma mata de igapó, refere-se a uma vegetação presente nas planícies, junto aos cursos dos rios, o contato da vegetação da mata de igapó com a água do rio ocorre todos os dias do ano.

Bioma mata de igapó

É importante ressaltar, que o termo Domínio Morfoclimático tende a ser mais abrangente, não reúne aspectos físicos de características uniformes. Por exemplo, a vegetação, umidade e hidrografia da área central da Amazônia não são as mesmas, apesar de apresentarem certa semelhança, que na área de transição entre a Amazônia e outro Domínio Morfoclimático. Quando nos referimos ao bioma se trata da reunião de locais que apresentam características muito próximas.

Também devemos entender que o termo Domínio Morfoclimático foi estudado, e classificado por meio de critérios estabelecidos por Ab’Saber, e o termo bioma foi estudado e definido por outro cientista. A partir deste princípio, podemos afirmar, assim como Coutinho, que o vasto e heterogêneo Domínio Amazônico é composto por vários biomas.

Por fim, outro termo também atribuído a Amazônia, é a Amazônia Legal. Trata-se da área da Amazônia que pertencente ao Brasil, a criação da Amazônia Legal foi por necessidade política, para que fosse possível estabelecer políticas públicas adequadas a esta área delimitada, objetivando o seu desenvolvimento. Esta área delimitada abrange os estados do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Amapá, Tocantins, Mato Grosso e uma parte do Maranhão, uma área de mais de 5 milhões de km2, que equivale a 61% do território brasileiro.

Matas da Floresta Amazônica

Como podemos observar no mapa, a vegetação amazônica está presente em 9 países, a Amazônia Legal abrande a região Norte brasileira o estado de Mato Grosso e uma parte do Maranhão.

Outros artigos: