Datas Comemorativas, Educação Infantil, Projetos Educativos

Projeto Monteiro Lobato


Confira nesta postagem diversas ideias e modelos prontos para o seu Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Dia de Monteiro Lobato, também conhecido como Dia Nacional do Livro Infantil, é celebrado no dia 18 de abril. A data foi escolhida para homenagear uma das maiores vozes da literatura infantil do Brasil, o escritor Monteiro Lobato, nascido no dia 18 de abril.

Nesse dia, diversas homenagens ao escritor acontecem nas escolas, bibliotecas e centros culturais. Leituras dramatizadas, teatros de fantoches e apresentações são realizadas em todo o país. A ideia principal é incentivar a leitura e alertar para sua importância na formação dos seres humanos.

A Dia de Monteiro Lobato foi instituído por meio da Lei n.º 10.402, de 8 de janeiro de 2002. A partir daí, essa data promove diversas atividades relacionadas com o literatura infantil e a importância de adquirir o hábito da leitura desde cedo.

Atividades para o Dia de Monteiro Lobato

Para trabalhar essa data comemorativa, confira algumas sugestões para trabalhar em sala de aula com os alunos:



  • Produzir textos (Individual ou coletivamente);
  • Desenhos para colorir;
  • Idas às bibliotecas;
  • Apresentações teatrais;
  • Confecção de Lembrancinhas com os alunos;
  • Confecção de Murais e Painéis em sala de aula;
  • Teatro sobre alguma obra importante da literatura infantil;
  • Roda de conversa;
  • Doação de livros aos alunos;
  • Brincadeiras e Dinâmicas;
  • E muito mais.

Também confira: 

Projeto Monteiro Lobato – Contos e Lendas

Projeto Monteiro Lobato - Contos e Lendas
Projeto Monteiro Lobato – Contos e Lendas

Justificativa:

Entre os vários povos da terra, um traço comum é o gosto pelas histórias.

Parece que todos gostam de inventar, modificar, contar e ouvir histórias. Nesse contexto, a Escola Villa Lobos se propõem a ampliar as oportunidades culturais da sua comunidade escolar através do acesso às obras literárias de qualidade. Com a proposta de trabalhar para a formação de sujeitos críticos, inventivos e comprometidos socialmente, precisamos superar o modelo de escola que vive de atividades caracterizadas por repetições e padronizações rígidas, desenvolvendo nas crianças a curiosidade, a solidariedade e a afetividade.

Desse modo, a convivência e o trabalho com a diversidade, com textos para leitura de múltiplas origens e com outras formas de expressão, além da linguagem verbal, podem contribuir muito. O projeto Monteiro Lobato é uma oportunidade para possibilitar uma visão mais abrangente do mundo em que vivem, para constituir alunos que experimentam as infinitas capacidades de criar, imaginar e transformar a realidade em que estão inseridos, vivendo situações em que assumam o papel de leitores.

Objetivos:

  • Oportunizar momentos de estímulo à leitura a partir do trabalho com lendas e contos;
  • Promover atividades voltadas à narração de histórias, leitura e escrita em sala de aula, através de situações lúdicas e integradas à comunidade escolar;
  • Instigar a curiosidade dos alunos e abrir espaço permanente para suas colocações.
  • Proporcionar a integração entre os alunos na busca e na socialização dos conhecimentos.
  • Estimular o interesse pela pesquisa;
  • “Viajar” com a turma do Sítio do Pica- Pau Amarelo, em busca de novos conhecimentos;
  • Levar a Literatura de Monteiro Lobato ao conhecimento das crianças, demonstrando a importância da leitura, ajudando-as a perceber o quanto podem aprender de forma prazerosa.

Metodologia:

  • Levando em consideração as caminhadas metodológicas já vivenciadas pela turma e tendo em mente a concepção de homem que almejamos – livre e responsável, participativo e solidário, consciente de que é agente de transformação de sua realidade na busca de soluções alternativas para uma sociedade democrática e justa – é necessário que se analise e se conheça a realidade para transformá-la, através da coerência entre a prática e a teoria. Implica colocar, na prática de conhecer a realidade, uma teoria de produção de conhecimento enquanto processo social, coletivo e participativo. O ponto de partida do processo de construção do conhecimento é a prática social concreta e a realidade em que ela acontece. A partir da análise dessa prática e da realidade são construídos níveis de compreensão e abstração sobre elas, buscando exercê-las de maneira diferente. Portanto, é importante trabalhar com desafios, propor tarefas que incitem os alunos a mobilizar seus conhecimentos e, em certa medida,completá-los. Isso pressupõe uma pedagogia ativa, cooperativa e aberta.
  • Iniciei o projeto propondo uma discussão oral sobre as questões, despertando o interesse dos alunos para o projeto. Pesquisamos sobre a vida e a obra de Monteiro Lobato, buscamos a biografia completa do autor através da leitura Minhas memórias de Lobato, autora Luciana Sandroni, Editora Companhia das Letrinhas. Cada aluno, pesquisou uma obra de Monteiro Lobato e fez um resumo. Juntos confeccionamos um livro, onde cada aluno era responsável por sua própria página. Então cada página tinha um resumo de obra do autor e a ilustração feita pelo próprio aluno.

Culminância:

  • Apresentação do “ Livro Coletivo” na Feira do Livro.

Projeto Monteiro Lobato - Contos e Lendas

Também confira este Projeto Ensinando e Aprendendo com o Sítio do Pica Pau Amarelo


Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil

Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil
Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil
Conhecer as obras de Monteiro Lobato deveria ser atividade obrigatória e básica de todas as escolas. Lobato significa literatura de qualidade e não ler sua obra significa abrir mão de livros que representam nossa própria identidade cultural. Trabalhar Monteiro Lobato, é vivenciar dentro da literatura infantil um mundo rico em cultura, em um mundo mágico de personagens que encantam a todos!

Objetivos gerais

  • Contribuir com a difusão das obras de Monteiro Lobato.
  • Conhecer as obras de Monteiro Lobato e com isto, desenvolver a imaginação, a fantasia, a criatividade muito mais!

Objetivos específicos

  • Conhecer Monteiro Lobato, bem como suas obras;
  • Promover apresentações teatrais de alguns dos personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo;
  • Desenvolver a linguagem oral a partir das músicas do sítio;
  • Estimular a memória e a percepção visual;
  • Sensibilizar os alunos quanto à valorização e a importância da nossa literatura;
  • Estimular a fantasia e a imaginação através de diversas atividades;
  • Conhecer a importância de Monteiro Lobato na literatura e na história do Brasil;
  • Ouvir, recontar e dramatizar histórias;
  • Trabalhar personagens do sítio do Pica-Pau Amarelo, através de pequenas biografias de cada um;
  • Produzir textos coletivos sobre os personagens do sítio;
  • Identificar no livro: títulos, ilustradores, autores, personagens;
  • Criar hábitos de leituras através da recontação das histórias;

 Metodologias

  • Biografia de Monteiro Lobato e de alguns dos personagens do sítio;
  • Apresentação de Monteiro Lobato através de fotos, histórias etc.
  • Quebra-cabeça; músicas; filmes;
  • Cartazes; dobraduras; desenhos;
  • Pintura; recorte e colagem;
  • Confecção de bonecos;
  • Culinária: bolinhos de chuva etc;
  • Confecção de um livro coletivo;
  •  Modelagem; DVD e CD;
  • Contação de histórias através de fantoches, máscaras, varal, mural, teatro de sombras, dramatizações etc;
  • Conto, reconto e interpretação;
  • Oficinas literárias com contos de histórias originais do autor, realizadas pelas professoras;
  • Boliche numérico com as figuras do sítio coladas associando número e quantidade;
  • Elaboração de painéis compondo conjuntos: “O que pertence ao Pedrinho?” (bola de gudes, macacão e estilingue). O não pertence (bola colorida, sandálias e guarda-chuva).

Culminância

  • As professoras podem se caracterizar de alguns dos personagens do sítio do Pica-Pau Amarelo e fazer uma dramatização. Ao final, faça um delicioso lanche com bolinhos de chuva da tia Anastácia e distribuição de lembrancinhas.

Recursos complementares:

Ideias variadas:

Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil Projeto Monteiro Lobato para Educação Infantil


Projeto Monteiro Lobato para Series iniciais

Projeto Monteiro Lobato para Series iniciais

O Projeto Monteiro Lobato a ser elaborado terá como a finalidade despertar o interesse em nossos alunos para os conteúdos selecionados a fim de tornar a aula mais atraente para os educandos de primeira série.

O Projeto Monteiro Lobato teve como ponto de partida um trabalho de levantamento dos questionamentos e das curiosidades dos educandos sobre o que gostariam de
estudar nesse ano.

Partindo desses questionamentos, selecionamos temas mais significativos para os nossos alunos e optamos por um projeto de grande interesse das crianças: “Literatura de Monteiro Lobato”.

Trabalharemos com o folclore das lendas e personagens do sítio de que as crianças mais gostam (pesquisas junto a eles).

Objetivos Gerais:

  • Desenvolver o conhecimento da Língua Portuguesa para que o aluno possa usá-lo como meio facilitador de comunicação e expressão na sociedade letrada em que vive.
  • Possibilitar o processo ensino-aprendizagem mais atraente através do tema do projeto, respeitando a bagagem de experiências que a criança traz para a escola.
  • Contribuir para a integração entre as disciplinas.
  • Estabelecer as possíveis relações entre o trabalho com a Literatura Infantil e o desenvolvimento da imaginação e criatividade infantis.

Desenvolvimento:

Numa abordagem inicial estudaremos o tema “LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO” dividido em dois subtemas:

1.  Literatura:

  • Obra e vida de Monteiro Lobato, mais precisamente a obra infantil “SÍTIO DO PICA-PAU AMARELO”

2. Folclore das lendas e personagens do sítio.

  • Aprofundaremos estes subtemas , abrangendo as histórias, as fábulas, as músicas, as personagens, os vídeos do sítio, as revistas e histórias em quadrinhos.
  • Faremos a integração entre as disciplinas e o uso dos subtemas da seguinte forma:

Conteúdos:

PORTUGUÊS:

Projeto Monteiro Lobato

  • Textos e obras de Monteiro Lobato
  • Expressão oral e interpretação dos textos
  • Produção de pequenos textos
  • Reconstrução silábica e alfabética de palavras dos textos e dos nomes dos personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo

Matemática:

Projeto Monteiro Lobato

  • Comparação de quantidades, ordem e seqüência numérica
  • Situações-problemas e desafios envolvendo as situações abordadas nas histórias do Sítio do Pica-pau amarelo
  • Sistema de Numeração
  • Decimal- unidades e dezenas
  • Jogos com números e com material dourado

Geografia:

Projeto Monteiro Lobato

  • O lugar onde vivemos
  • A cidade e o campo
  • Ambiente natural e modificado·
  • As diferenças entre os costumes da cidade e do campo

História:

Projeto Monteiro Lobato

  • A história de vida do aluno na cidade em comparação com as histórias de vida das crianças do sítio
  • Folclore e tradições
  • Os personagens folclóricos e lendas do Sítio do Pica-pau Amarelo

Ciências e saúde:

Projeto Monteiro Lobato

  • Os vegetais: como são, suas utilidades, como nascem e como as plantas se alimentam.
  • Os animais: como são, como vivem, como nascem e se alimentam.
  • Alimentação

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA:

Projeto Monteiro Lobato
Projeto Monteiro Lobato
  • Dramatização
  • Desenhos e pinturas
  • Colagens, recortes, painéis
  • Canções folclóricas e músicas do CD do Sítio
  • Histórias do Sítio gravadas em DVDs
  • Dobraduras
  • Montagem e execução de livrinhos e painéis.

EDUCAÇÃO Física:

  • Atividades rítmicas
  • Brincadeiras infantis
  • Rodas cantadas e dramatizadas
  • Brincadeiras folclóricas, danças folclóricas
  • Jogos e recreação

Culminância:

  • O resultado do projeto será apresentado em exposição para a comunidade dos trabalhos e livrinhos feitos pelas crianças.

Avaliação:

  • Avaliação será sempre contínua, presente no dia-a-dia, observando o interesse, a participação individual e em grupo, o desempenho nas atividades propostas e a assiduidade dos alunos;
  • Organização e apreciação dos trabalhos criados pelos alunos, através de portfólio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *