Disciplinas, Matemática

Números Romanos


Para algumas pessoas, a matemática é um tema que envolve muito mistério e se torna complexa para entender. Dessa maneira, decidimos abordar um tema matemático: Números romanos.

Esse é um tema bastante discutido em sala de aula, especialmente nos anos iniciais do ensino fundamental.

Os Números romanos, como o nome diz, foram criados em Roma. Na realidade, podemos dizer que foi durante a Roma Antiga, no Império Romano.

É um sistema numérico bastante antigo, porém, bastante utilizado nas escolas, ele funciona da seguinte maneira: os números são representados por letras em maiúsculo.

Caso não tenha compreendido tão bem, resolvemos oferecer à você uma lista associando o número a letra:

1 – I

2 – II

3 – III

4 – IV

5 – V

6 – VI

7 – VII

8 – VIII

9 – IV

10 – X

50 – L

100 – C

500 – D

1000 – M

E assim por diante, conforme a numeração vai aumentando, há outras maneiras de simbolizar os Números romanos.

Entretanto, os mais usuais são os que foram mencionados nesta lista.

Através desse sistema de numeração é possível realizar algumas contas básicas, como a adição e a subtração, por exemplo.

Se quiser conhecer mais afundo sobre o tema algarismos romanos, como também é conhecido, sugiro continuar a ler este artigo!

Sobre os Números romanos

Números romanos - Algarismos Romanos

São mais de dois mil anos de história, onde esse sistema de numeração se tornou o mais utilizado e consequentemente o absoluto em toda a Roma.

Na época em que foi desenvolvido, o sistema de algarismos romanos era apenas utilizado naquela região a fim de identificar a quantidade de algo ou enumerar coisas.

Foi criado um sistema para simbolizar essas quantias utilizando as letras do alfabeto latino. Essas letras como você pode ver na lista lá de cima são: I, X, L, C e M.

Essas sete letras foram as escolhidas para se tornarem parte de um sistema de numeração que atravessou gerações e é utilizado até os dias atuais.

Porém, não vemos os Números romanos com tanta frequência. Isto porque o sistema utilizado para a nossa contagem é o arábico (1,2,3,4…).

Apesar de não ser usual, ainda sim encontramos alguns espaços onde ele é utilizado.

Por exemplo, você pode encontrar a numeração romana em relógios de parede, depois de nomes de Papas ou pessoas da nobreza. Também podemos encontrar como páginas de livros.

Ou seja, mesmo não sendo comum, ainda é aplicado em nosso cotidiano.

Sendo assim, é importante que conheçamos, afinal, já imaginou não conseguir ver as horas em um relógio com Números romanos? Com certeza, seria uma situação constrangedora.

Por essa razão, vamos falar um pouco mais com relação à maneira de identificar os números e também as contas que são utilizadas.

Como adicionar com os Números romanos?

Números romanos - Algarismos Romanos

Toda a vez que você encontrar um número romano ao lado do outro é porque temos uma conta.

Como assim?

Nunca os Números romanos estarão lado a lado sem significar uma conta de adição ou de subtração.

Dessa forma, toda a vez que se deparar com esses algarismos é preciso identificar a conta que está sendo feita.

No caso da adição, vai ser sempre uma conta de soma quando houver uma letra igual ou de menor valor ao lado direito. Ou seja, se você se deparar com essa situação: XV, é porque é uma adição.

Neste exemplo, podemos dizer que o X é igual a 10 e o V igual ao número 5. Logo a conta ficará 10+5=15, isto quer dizer que XV = 15.

Alguns outros exemplos para que seja fixado essa informação para você:

VI = 6, ou seja, V=5+I=1 = 6

LIII = 53, ou seja, L=50+III=3 = 53

E assim por diante!

Subtração com algarismos romanos

Se de um lado temos a soma, do outro o que tem? Claro que é a subtração dos valores.

Então toda a vez que encontrar uma letra de menor valor que venha antes da de maior será sempre uma subtração.

Caso não tenha ficado tão claro para você, vamos aos exemplos para facilitar a compreensão.

Por exemplo: IV é o mesmo que estarmos representando o número 4, isto acontece devido ao fato do I representar 1 e o V representar 5.

Como na situação o I vem antes do V, temos uma conta de subtração, ou seja, em números arábicos ficaria: 5-1=4.

Essa é a conta que conhecemos, mas utilizar IV, também é correto e pode ser utilizado em qualquer ocasião como os demais Números romanos.

Não é uma conta difícil envolvendo os Números romanos, o que pode acontecer é a falta de habilidade e prática em utilizar esse sistema de numeração.

Por essa razão vamos utilizar alguns exemplos como o anterior para você compreender melhor:

VX = 14, ou seja, X=10-V=5 = 14

IX = 19, ou seja, X=10-I=1 = 9

Tente praticar sozinho os Números romanos, mesmo que sozinho, para começar a assimilar melhor o conteúdo, já que ele não é difícil de entender,

Dicas finais sobre os Números romanos

Números romanos - Algarismos Romanos

Vamos retomar algumas coisas e apontar algumas dicas sobre o uso de Números romanos no seu dia a dia:

  • Os Números romanos I vão estar sempre ao lado nos números V e X;
  • No caso o X, sempre estará do lado do L e C;
  • Já os Números romanos C estarão sempre próximos ao D e o M;
  • Você só poderá repetir até 3 vezes as seguintes letras para indicar um número: I, X, C e M;
  • Acima de 4000, são utilizados alguns traços sobre as letras para indicar a quantidade que está sendo medida;
  • Toda a vez que se deparar com letras com a mesma representação haverá soma, exemplo: XX = 20, III = 3;
  • Se houver uma letra de valor menor entre duas de grandes valores, a de menor quantia será associada a que vier por seguinte, como por exemplo: XIX = 19.

Números romanos de 1 a 50

  • 1: I
  • 2: II
  • 3: III
  • 4: IV
  • 5: V
  • 6: VI
  • 7: VII
  • 8: VIII
  • 9: IX
  • 10: X
  • 11: XI
  • 12: XII
  • 13: XIII
  • 14: XIV
  • 15: XV
  • 16: XVI
  • 17: XVII
  • 18: XVIII
  • 19: XIX
  • 20: XX
  • 21: XXI
  • 22: XXII
  • 23: XXIII
  • 24: XXIV
  • 25: XXV
  • 26: XXVI
  • 27: XXVII
  • 28: XXVIII
  • 29: XXIX
  • 30: XXX
  • 31: XXXI
  • 32: XXXII
  • 33: XXXIII
  • 34: XXXIV
  • 35: XXXV
  • 36: XXXVI
  • 37: XXXVII
  • 38: XXXVIII
  • 39: XXXIX
  • 40: XL
  • 41: XLI
  • 42: XLII
  • 43: XLIII
  • 44: XLIV
  • 45: XLV
  • 46: XLVI
  • 47: XLVII
  • 48: XLVIII
  • 49: XLIX
  • 50: L

Veja também: Tabela de Algarismos Romanos de 1 a 1000 em PDF

Possibilidades para promover o aprendizado eficaz!

Números Romanos

Se acaso queira aperfeiçoar o seu conhecimento sobre os números romanos, ou queira ajudar outra pessoa a desenvolver mais habilidades com esse sistema, o jeito é fazer exercícios.

O legal é colocar os símbolos e inicialmente tentar se recordar sobre o valor de cada uma delas. Coloque as que mais acredita ser complicadas para ir se testando aos poucos.

Assim que estiver conhecendo bem essa primeira simbologia, parta para as contas.

Comece com a de adição, pois acredito que seja a mais simples entre as duas.

Realize algumas folhas com exercícios relacionados a adição de Números romanos.

Em seguida, quando se sentir confiante, faça algumas atividades de subtração. Teste você mesmo e se auto desafie, vai ser muito bom ver os resultados.

Outra coisa interessante é que na internet você encontra uma diversidade de exercícios e atividades para se fazer relacionados a este assunto.

Há problemas fáceis de se solucionar, enquanto outros que são mais complexos e exigem um tempo maior para serem executadas da melhor maneira.

Contudo, o interessante é baixar e se possível imprimir as folhas, para que você possa resolver a qualquer momento e a qualquer hora.

Pronto! Essas foram as dicas sobre o sistema de Números romanos, espero que o texto tenha ajudado a descomplicar esse tema.

Não esqueça que a prática o ajudará a aperfeiçoar seus conhecimentos sobre o assunto! Veja: Atividades para imprimir


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *