Datas Comemorativas, Educação Infantil, Plano de Aula

Plano de Aula Dia do Livro


Selecionamos nesta postagem alguns modelos prontos para o seu Plano de Aula Dia do Livro para Educação Infantil e Ensino Fundamental.

A realização de Plano de Aula Dia do Livro Infantil para Ensino Fundamental e Series inciais é de fundamental importância para facilitar o aceso ao livro e, ao mesmo tempo, a circulação do mesmo no ambiente escolar. Isso significa a democratização do livro e da leitura no ambiente da escola, onde a programação planejada tenha “efeito multiplicador no que se refere à promoção da leitura como fonte de prazer, conhecimento e conquista da cidadania.”

Em abril, existem três dias em que se comemora o Dia do Livro:

  • Dia Internacional do Livro Infantil é comemorado anualmente em 2 de abril: Esta data é destinada ao incentivo e conscientização da importância desde gênero literário para a formação de novos leitores.
  • Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado anualmente em 18 de abril: Esta data também é conhecida como Dia de Monteiro Lobato, considerado um dos mais importantes escritores da literatura brasileira.
  • Dia Mundial do Livro, ou simplesmente o Dia do Livro, é comemorado anualmente em 23 de abril: Além de homenagear várias obras literárias e seus autores, o Dia do Livro também busca conscientizar as pessoas sobre os prazeres da leitura.

Em escolas de todo o pais, professores trabalham essa data em sala de aula e foi pensando nisso que selecionamos essas dicas e modelos de Plano de Aula Dia do Livro, confira:

Plano de Aula Dia do Livro – Literatura Infantil

Plano de Aula Dia do Livro - Literatura Infantil
Plano de Aula Dia do Livro – Literatura Infantil

Eixos de trabalho:

  • Identidade e autonomia
  • Movimento
  • Linguagem oral e escrita
  • Sociedade
  • Matemática
  • Artes visuais

 Objetivos específicos:

  • Criar o hábito de escutar histórias;
  • Favorecer momentos de prazer em grupo;
  • Explorar os movimentos corporais por meio de dança e brincadeiras;
  • Estimular o conhecimento da história através das datas comemorativas;
  • Favorecer o contato com textos de qualidade literária;
  • Valorizar o livro como fonte de entretenimento e conhecimento;
  • Estimular a formação de leitores e escritores desde a Educação Infantil;
  • Familiarizar-se com a escrita por meio do manuseio de livros, revistas, gibis e outros para a vivência de diversas linguagens;
  • Possibilitar o desenvolvimento da oralidade, imaginação e criatividade das crianças;
  • Desenvolver a percepção visual através de atividades orais e escritas;
  • Comunicar idéias que envolvam conceitos matemáticas.

 Estratégias de Ensino:

  • Conversa informal sobre o autor das histórias do “Sítio do Pica-Pau Amarelo” Monteiro Lobato;
  • Utilização de atividades que favoreçam a socialização e interação;
  • Leituras em roda de conversa;
  • Participação em jogos e brincadeiras que envolvam dança;
  • Interpretação de músicas e canções diversas;
  • Uso da linguagem oral para conversar brincar, comunicar e expressar idéias;
  • Reconto oral de histórias contadas pelo professor;
  • Produção oral de texto a partir de uma cena ou gravuras em sequência;
  • Traçado e escrita de letras e palavras;
  • Realização de atividades orais e escritas;
  • Criação de desenhos, pinturas, colagens, modelagens, etc;
  • Realização de atividades que envolvam pintura, recorte, colagem, modelagem, pontilhado e relação;
  • Jogos e brincadeiras e desenvolvam a ideia de alguns conceitos matemáticos;
  • Atividades orais e escritas.

    Recursos:

  • Lápis de cor
  • Giz de cera
  • Tesoura
  • Cola
  • Massa de modelar
  • Lápis grafite
  • Borracha
  • TV e DVD
  • Crachás de cartolina
  • Livros e revistas
  • Jogos educativos
  • Tinta guache
  • Pincel
  • Folha de ofício
  • Som e CD
  • Material sucata
  • Cartaz

Avaliação:

  • A avaliação é feita através de registros e observações, visando perceber o desenvolvimento da criança diante das atividades propostas.

Mais em:


Plano de Aula Dia do Livro Infantil – Monteiro Lobato

Plano de Aula Dia do Livro Infantil – Monteiro Lobato
Plano de Aula Dia do Livro Infantil – Monteiro Lobato

Monteiro Lobato foi, verdadeiramente, um dos grandes homens da história desse país. Grande escritor, celebrado por gerações e gerações de crianças por seu espetacular trabalho “O Sítio do Pica-pau Amarelo”, Lobato foi também um empreendedor. Além disso, através de todas as suas produções e realizações queria por que queria fazer com que o Brasil pudesse crescer desenvolver-se, ocupar um lugar de destaque mundial dos países.

Originário do interior de São Paulo, mais especificamente da cidade de Taubaté o escritor fez um pouco de tudo em sua vida. O que mais permanece na memória coletiva nacional é a sua forte ligação com as crianças. Proximidade e carinho conseguidos com o apoio da Narizinho, da Emília, do Visconde, do Pedrinho e dos demais personagens do Sítio. Em suas obras dedicadas às crianças, Lobato conseguiu verdadeiras façanhas como contar a história do mundo tornando-a divertida e atraente para os pequenos ou, ainda, falar de temas adultos e sérios de forma descontraída, como a questão do petróleo.

Justificativa:

Conhecer a obra de Monteiro Lobato deveria ser atividade básica programada por todas as escolas de nosso país. Conhecer o Sítio e seus personagens, desbravando as páginas escritas pelo Monteiro Lobato, é muito mais que um dever escolar, é um grande prazer e contribuição essencial para o nosso próprio sentimento. Lobato significa literatura de muita qualidade e história. Não ler suas obras significa abrir mão de livros que simbolizam nossa própria identidade. O sitio do Pica-pau amarelo foi uma maneira que nós, professoras do Pré II, encontramos para apresentar aos alunos esse maravilhoso escritor, desenvolvendo nos alunos a paixão pela leitura

Problemática:

Nossos alunos gostam muito de historias e desenhos. Por isso resolvemos trabalhar, no mês do aniversario de Monteiro Lobato, as duas coisas: historias e desenhos. O desenho do Sitio do Pica-pau amarelo é um recurso que pretendemos usar para estimular ainda mais esse gosto das crianças Suas historias afloram ainda mais a criatividade das crianças.

Objetivos:

  • Conhecer o escritor Monteiro Lobato, bem como suas obras:
  • Criar nos alunos o hábito da leitura, através do contato com histórias;
  • Despertar um ambiente prazeroso para a leitura, onde a própria criança pede e sente vontade;
  • Proporcionar a socialização através de produção de textos orais junto aos colegas;
  • Desenvolver interesse e atenção por músicas, leitura, histórias e escrita.

Desenvolvimento:

Apresentação do autor Monteiro Lobato:

  • Biografia;
  • Quebra-cabeça;
  • Músicas.

2. Apresentação dos principais personagens e suas características:

  • Músicas;
  • Filmes;
  • Cartazes;
  • Dobraduras;
  • Confecção de bonecos;
  • Culinária;

3. Confecção de um livro gigante:

  • Produção coletiva;

Culminância:

  • As professoras se caracterizarão de D. Benta e Tia Nastácia e contarão a historia do livro, criada pelos alunos do Pré II, para todas as turmas. Ao final receberão os bolinhos de chuva da tia Nastácia. As crianças do Pré II estarão vestidas de Emília (meninas) e Visconde de Sabugosa (meninos). A sala estará ornamentada para receber as crianças da escola num ambiente parecido com o Sitio do Pica-pau Amarelo. Serão recebidos com música, tema desta obra.

Conteúdos integrados:

  • Matemática: Seqüência numérica e quantificação;
  • Linguagem oral e escrita: Leitura, alfabeto e o próprio nome;
  • Natureza e sociedade: Alimentos e animais;

Avaliação:

  • Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação será relatórios diários no caderno de planejamento das professoras e será passado aos pais no final do semestre através do portfólio.

Veja também:


Plano de Aula Dia do Livro Infantil – Plano Diário

  • LÍNGUA PORTUGUESA;
  • MATEMÁTICA;
  • ARTE TEATRAL.

CONTEÚDO:

  • DIA NACIONAL DA LITERATURA INFANTIL;
  • LITERATURA INFANTIL (CONTO);
  • CONTO: CHAPEUZINHO VERMELHO;
  • IDENTIFICAÇÃO DE PARTE DE UM TODO DE UMA IMAGEM;
  • SEQUENCIAÇÃO LÓGICA DE CENAS;
  • NÚMEROS QUE INDICAM ORDEM: DO 1° AO 4°;
  • TEATRO: CONFECÇÃO DE PALITOCHES E ENCENAÇÃO TEATRAL.

OBJETIVOS:

  • EXPLORAR O UNIVERSO LINGUÍSTICO A PARTIR DA LITERATURA INFANTIL (CONTO);
  • OUVIR UM CONTO, ENVOLVENDO-SE COM A HISTÓRIA LIDA E COMPREENDÊ-LA;
  • IDENTIFICAR PEQUENAS PARTES DE UM TODO (IMAGEM);
  • SEQUENCIAR DE FORMA LÓGICA CENAS DE UMA HISTÓRIA;
  • ORDENAR CENAS, USANDO OS NÚMEROS ORDINAIS DO 1° AO 4°;
  • EXPLORAR A IMAGINAÇÃO, ATRAVÉS DA ARTE TEATRAL.

METODOLOGIA:

  • RODA DE CONVERSA SOBRE A LITERATURA INFANTIL;
  • APRESENTAÇÃO DE VARIADOS LIVROS DE CONTOS;
  • APRESENTAÇÃO E LEITURA DO CONTO A CHAPEUZINHO VERMELHO;
  • PINTURA DE CENAS DAS PRINCIPAIS PARTES DO CONTO (CADA EDUCANDO IRÁ PINTAR UMA CENA E FAZER UMA LEITURA DE IMAGEM DELA);
  • ORGANIZAÇÃO LÓGICA DAS CENAS PELO GRANDE GRUPO;
  • RECORTE E COLAGEM DE PEQUENAS PARTES DE UMA IMAGEM RETIRADAS DE UM TODO E RECOLOCADAS NO DEVIDO LUGAR;
  • SEQUENCIAÇÃO DE QUATRO CENAS, UTILIZANDO OS NÚMEROS ORDINAIS;
  • CONFECÇÃO DE PALITOCHES DOS PERSONAGENS DO CONTO;
  • REPRESENTAÇÃO TEATRAL LIVRE DO CONTO LIDO E EXPLORADO DURANTE A AULA.

AVALIAÇÃO:

  • OBSERVATÓRIA DURANTE TODO O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO.

Plano de Aula Dia do Livro Infantil para Ensino Fundamental e Series inciais

Plano de Aula Dia do Livro Infantil para Ensino Fundamental e Series inciais
Plano de Aula Dia do Livro Infantil para Ensino Fundamental e Series inciais

OBJETIVO GERAL

  • Levar o aluno ao mundo da imaginação e ao mesmo tempo a descobrirem o maravilhoso universo da literatura.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  • Favorecer a aprendizagem em outras áreas de conhecimento;
  • Despertar e incentivar o interesse pela leitura
  • Facilitar o acesso do aluno aos diferentes portadores de texto.
  • Enriquecer o vocabulário
  • Contribuir para formação de leitores autônomos e competentes.
  • Estabelecer uma parceria constante entre os profissionais, a fim de obter cooperatividade;
  • Instigar a curiosidade das crianças;
  • Proporcionar a busca e integração das turmas na socialização dos conhecimentos.
  • Popularizar o livro
  • Formar leitores no ambiente escolar

METODOLOGIA

  • Atividades variadas serão propostas durante a semana, para cada classe de alunos. “A escola toda irá envolver-se em atividades como “Feira do Livro”, “Roda de Leitura”, “Visita à Biblioteca Pública da Cidade” Exposição de Livros Feitos pelos Alunos”, Apresentação teatral baseadas em fabulas e clássicos da literatura mundial como Romeu e Julieta de William Shakespeare, etc.
  • Hora da Leitura – os alunos leem ou contam uma história de um livro lido por ele, ou ainda em duplas, contam a história para um grupo e vice-versa.

RECURSOS:

  • Humanos: Corpo docente e discente, corpo técnico e a comunidade em geral.
  • Materiais: Caneta hidrocor, lápis de cor, régua, pincel atômico, faixas, cartazes e livros infantis e materiais diversos.

Avaliação:

  • Avaliação será contínua, através da observação diária dos alunos no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com os professores.

Outras Atividades para o Dia do Livro Infantil.


Plano de Aula Dia do Livro Infantil – 18 de Abril

Plano de Aula Dia do Livro Infantil – 18 de Abril
Plano de Aula Dia do Livro Infantil – 18 de Abril
Valorizando as datas comemorativas, vendo a importância nas nossas vidas e no desenvolvimento cognitivo dos alunos. Possibilitando o desenvolvimento da linguagem oral e escrita, usando-as como uma interação e participação de todos da escola.

Objetivos:

  • Reconhecer que o livro é o melhor meio para crescermos na sabedoria e inteligência;
  • Valorizar os momentos da leitura, entendendo que é o melhor caminho para despertar nosso conhecimento de mundo.

O que se espera que os alunos aprendam:

  • Desenvolver habilidades de pesquisas oral e escrita;
  • Ampliar o gosto pela leitura;
  • Conhecer obras e autores;
  • Declamar poema, rimas, entre outros;
  • Aprender compartilhar leituras: coletiva, individual, silenciosa, em coro, etc.;
  • Diferenciar os textos;
  • Ler para outra sala, com entonações corretas;
  • Declamar poesias;
  • Encenar algum tipo de texto;
  • Aprender ouvir a leitura do colega.

O que o professor deve garantir no decorrer do projeto:

  • Levar para sala diversos livros para que os alunos consultem-nos para verificação de diversos textos, obras e autores;
  • Favorecer iniciativas individuais e coletivas para leituras e diversos textos;
  • Propor questões que façam os alunos pensarem sobre a importância de ler bons livros;
  • Criar climas divertidos de leitura: Ler para os colegas de outras salas;
  • Garantir declamações de poesias para os colegas de outras turmas, com segurança;
  • Montar juntos com os alunos cantinhos de leituras; painéis;
  • Incluir a participação dos alunos a cada retomada de decisões;

Etapas previstas:

1º dia:

  • Fazer um momento de reflexão “Qual é a importância da leitura para nós?”.
  • Roda de conversa sobre o que você gosta de ler? O que você já leu e que mais gostou?
  • Combinar com os alunos o que farão para apresentar para as outra turmas: poesia, rima, encenações? O que?
  • Propor aos alunos pesquisas sobre as obras e autores que já leram ou não, especialmente sobre Monteiro Lobato, o pai da Literatura Infantil ; escolher por votação 3 autores e em grupos pesquisarem sobre suas obras e expor no mural.

2º dia:

  • Fazer cartazes sobre a importância da leitura e colar nos cantinhos devidos.

3º dia:

  • Alunos de outras séries contam histórias de livros da biblioteca para os alunos do (1° e 2° ano).

4º dia

  • Apresentação das declamações de poesias, músicas, encenações.
  • Motivar os alunos os alunos sobre a importância da leitura e entregar lembrancinhas de incentivo ( marcador de páginas).

Curiosidades:

  • Dia 18 de Abril é o Dia Nacional do Livro Infantil. É a data de nascimento de um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil, Monteiro Lobato! Ele criou aventuras com figuras bem brasileiras, recuperou os costumes e lendas do folclore nacional. E não parou por aí, misturou todos eles com elementos da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema. Ler um livro de Monteiro Lobato ou qualquer outro é entrar em um mundo novo e explorá-lo! Pois é, o livro é mágico por isso, nos permite viajar para lugares inacreditáveis e não queremos mais parar. Se você ainda não mergulhou nas aventuras mágicas dos livro, indicamos alguns escritores brasileiros para você começar: Ziraldo, Monteiro Lobato e Ruth Rocha.

Mais em:


2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *