<

Magnetismo


O magnetismo é a capacidade de atração que um corpo exerce em outro.

Os ímãs que tem magnetismo natural tem em sua estrutura rochas magnéticas chamada de óxido de ferro ou magnetita.

Já os ímãs artificiais são criados à partir de níquel-cromo que são ligas metálicas.

Veja mais em: Eletrodinâmica.

A força bipolo

O magnetismo é explicado por esta força bipolo. Digamos que um material é composto por polos diferentes.

Quando estes polos são colocados em contato com outros materias, os polos iguais tendem a se repelir enquanto que os polos diferentes, se atraem. Isto tem o nome de dipolo magnético.

Os átomos são considerados como imãs tendo polo norte e sul. Um exemplo de magnetismo são as conhecidas bússolas.

A bússola é um ímã e nosso planeta terra também. E independente de onde você esteja segurando uma bússola, ela sempre vai apontar para o polo norte.

Isto é o resultado do polo magnético da terra que sempre vai indicar o ponteiro esta direção. Este polo da terra funciona como uma referência para o alinhamento da bússola.

Desde o século VII que existiam tais conceitos. Alguns textos feitos por estudiosos gregos que já sabiam da existência do magnetismo. E também de corpos bem presentes em uma região com o nome de Magnésia.

E daí foi que surgiu o nome das propriedades de atração e repulsão de alguns corpos existentes. Quem investigou isto foi o matemático, filósofo e físico Tales de Mileto.

Foi ele quem estudou a atração da magnetita, o imã natural, junto com o ferro.

A bússola já era utilizada pelos navegadores chineses no século VII e acredita-se que eles além de usar o instrumento como bússola, também tinha com um amuleto.

No século XIII, Pierre Pelerin de Maricourt que descreveu as propriedades específicas da bússola. E na sequência, Willian Gilbert determinou após estudos, que nosso planeta era magnético.

Causa das bússolas sempre apontarem para o norte.

Campo magnético

A interação do campo magnético pode ser feito a distância sem a necessidade de contato dos corpos. Assim como a energia é relacionada a um sistema, o magnetismo tem seu campo.

Este campo magnético interage com substâncias com correntes elétricas e magnéticas. Para tornar aparente as linhas de um campo magnético, ha uma técnica específica.

É espalhado limalha de ferro em um papel onde repousam um ou mais ímãs. Os pequenos pedaços de limalha de ferro estão dispostos em linhas curva, ligando o polo norte ao polo sul.

Isto é chamado de linha de campo ou de força.

O campo exterior de um ímã tem linhas de campo que saem pelo polo norte e entram pelo polo sul desse ímã.

O ímã

O magneto, mais conhecido como ímã, é um corpo magnético que são rochas magnéticas ou ferros magnetizados. Ele é dipolo, tem dois polos.

São chamados de positivo e negativo que tem o poder de atrair corpos ferromagnéticos. Entre eles estão a conhecida magnetita, ímã natural.

A imantação é o processo onde os ímas são fabricados. Neste processo um corpo neutro recebe a propriedade e atração magnética.

Algumas ligas metálicas e o importante ferro, se imantam com facilidade.

Os ímãs artificiais são essenciais para a fabricação de bússolas, geradores de energia elétrica e aparelhos eletrônicos.

A força do magnetismo é mais intenso que a força da energia elétrica.

Fluxo magnético

O fluxo magnético é uma porção do campo magnético em sua totalidade que passa em uma área específica.

É importante ter o entendimento do fluxo para saber como o objeto vai se comportar nesta área com força magnética.

Os polos magnéticos não podem ter separação. Por mais que você quebre um ímã ao meio, elev vai ter o polo norte e o polo sul novamente.

A ressonância magnética

É um exame muito conhecido. Esta máquina cria campos magnéticos criando imagens do corpo do paciente.

Este procedimento é possível porque átomos de hidrogênio em nosso corpo podem emitir radiofrequência, quando estimulados por um campo magnético externo.

Magnetismo: imãs e campo magnético

Resumo sobre Magnetismo em PDF

Sempre pensando em maneiras de facilitar para vocês, resolvemos disponibilizar gratuitamente o resumo sobre o Magnetismo para download em PDF. Para ter acesso ao material confira o link a seguir:

Magnetismo terrestre e bússolas

Campo magnético terrestre


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.