<

GLÂNDULA TIREOIDE


A tireoide é uma glândula muito importante em todo sistema do corpo humano, está localizada na parte interior da garganta, logo abaixo de uma saliência conhecida como pomo de adão, e seu tamanho chega apenas a 15 ml, apesar do seu formato pequeno realiza grandes funções no nosso corpo. Vamos conhecer um pouco das funções dessa glândula?

CARACTERÍSTICAS DA GLÂNDULA

A tireoide possui um formato bem conhecido e digamos exótica, a aparência de uma borboleta, como mencionado a mesma fica localizada na parte da frente do pescoço, ou seja, na parte interior da garganta, essa glândula é responsável por produzir hormônios extremamente necessários para o bom funcionamento de todo nosso corpo e todo organismo, os hormônios T3 e T4 estão presentes em todas as fases da nossa vida, como o crescimento, regula os batimentos cardíacos, o sono, raciocínio, memória, temperatura corporal, o bom funcionamento do intestino e principalmente do nosso metabolismo, além disso, tem grande importância na formação dos órgãos fetais, especialmente o sistema nervoso central.

A mesma é pequena se for comparada com outros órgãos do corpo humano, mas como podemos observar, possui grandes funções, e se essas funções sofrerem alguma conseqüência durante a vida poderá prejudicar o funcionamento do nosso organismo todo.

PRINCIPAIS DOENÇAS

A tireoide pode ser acometida por diversas doenças como Hipotireoidismo, Hipertiroidismo, nódulos ou bócios benignos, câncer da tireoide.

Primeiramente vamos falar do Hipotireoidismo, que impede a produção de hormônios T3 (triiodotironina) e T4(tiroxina) , que como vimos, são de grande importância para o funcionamento do nosso organismo, se ela for afetada pode ocasionar o Hipotireoidismo, os principais sintomas são:

  • O coração pode apresentar batimentos mais lentos
  • O corpo pode ficar mais cansado acompanhado com um quadro depressivo
  • Perca de memórias recentes, ou seja, a memória é comprometida
  • A pele pode apresentar um aspecto mais ressecado,
  • Intestino preso
  • Grande sensibilidade a temperaturas mais frias
  • Resfriados freqüentes
  • E ganho de peso inexplicável
  • E alterações de humor freqüentes

A mesma afeta principalmente mulheres idosas, chegando a 5% a 9% dos casos, pode também acometer homens, mas a porcentagem não chega a 0,3%.

 Em alguns casos pode afetar até recém nascidos, chamado de Hipotireoidismo de origem congênita, é facilmente identificada pelo teste do pezinho, o numero de recém nascidos acometidos pela doença é grande, chegando a mais de 3 mil casos.

TRATAMENTO

O tratamento é realizado através da reposição dos hormônios da tireoide, com pequenas doses garante a manutenção de níveis de hormônios TSH nos valores normais.

Se não houver um tratamento correto, pode levar a problemas sérios, como afetar a parte física e mental do individuo, o aumento do nível de colesterol, e a grande possibilidade de tardiamente desenvolver problemas cardíacos

HIPERTIREOIDISMO: Diferentemente do Hipotireoidismo, essa doença é ocasionada pela grande quantidades de hormônios, ou seja, o excesso deles na produção da glândula, no Brasil há mais de 150 mil casos por ano, ou seja, um numero bastante elevado, a mesma pode levar a outras doenças. Os principais sintomas são:

  • O corpo fica totalmente mais ativo
  • Coração com batimentos altamente acelerados e consequentemente o aumento da pressão
  • Intestino Solto
  • Insônia juntamente com fraqueza muscular
  • Perda de peso sem nenhum indicativo aparente
  • Mãos tremulas
  • Em casos de ciclos menstruais pode haver alterações
  • Em alguns casos, não todos, pode desenvolver papadas no pescoço
  • Irritabilidade sem motivos
  • Em alguns casos pode ocasionar infertilidade
  • E sensação extrema de calor

O Hipotireoidismo, afeta principalmente as mulheres com idade entre 20 a 40 anos. Os idosos normalmente não apresentam tanto sintomas.

FATORES DE RISCOS, DIAGNOSTICO E TRATAMENTO:

Os fatores de riscos podem envolver pessoas que usam o álcool de forma excessiva, falta de exercício físico diário e tabagismo.

O Diagnostico é realizado através de exames que medem o nível de hormônios, o exame identifica se os hormônios T3 e T4 estão em níveis de excesso.

O tratamento pode ocorrer através de Medicamentos antitireoidianos específicos e iodo radioativo que destrói permanente a doença, ambos não são eficazes no tratamento, pois depois de algum tempo a doença pode se manifestar novamente, em alguns casos pode haver necessidade de cirurgia.

NÓDULOS DA TIREOIDE

      Os nódulos da tireoide afeta grande parte da população brasileira, chegando a 60% dos casos já avaliados, mas apenas 5% apresentam nódulos mais graves, como tumores malignos, que pode ou não apresentar sintomas freqüentes.

Ainda não se sabe muito bem como os nódulos surgem no nosso corpo, mas pode estar ligada diretamente com a doença de Hashimoto, que ocasiona o Hipotireoidismo.

  • Os fatores de risco podem ser vários, como a idade, ou seja, quanto mais envelhecemos, mais temos a probabilidade de desenvolver os nódulos.
  • As mulheres têm grandes chances de desenvolver os mesmos, mas é importante salientar que o câncer da tireoide acomete mais os homens que as mulheres.
  •  90% dos casos os nódulos da tireoide são benignos, ou seja, apenas 10% dos casos apresentam maior suspeita do câncer

SINTOMAS

Como já mencionado, os nódulos não apresentam tantos sintomas, mas se forem estimuladas ou tocadas, pode ocasionar:

  • Dores no pescoço,
  • Ao engolir algum alimento pode haver incômodos,
  • Em alguns casos dificuldade para respirar,
  • Ou até mesmo a voz mudar de tonalidade, ficando um pouco mais rouca

TRATAMENTO

Nódulos não cancerígenos não precisam necessariamente de um tratamento especifico, apenas é importante passar pelo médico e realizar exames para observar que tipos de nódulos que estão presentes no corpo.

CÂNCER DA TIREOIDE OU CARCINOMA PAPILÍFERO DA TIREOIDE:

O câncer da tireoide se desenvolve através de nódulos encontrados no corpo, isso ocorre quando os nódulos crescem na tireoide de forma rápida, se não for tratado imediatamente apresenta grandes chances de se espalhar.

A maioria das pessoas que tem o câncer geralmente não apresenta sintomas específicos, mas é importante observar certos aparecimentos de caroços, esses caroços podem ser os nódulos, é extremamente importante realizar frequentemente exames de rotina.

FATORES DE RISCOS

  • Tratamentos realizados com radiação
  • Se houver na família casos de câncer de tireoide é importante consulta médica
  • Identificação de pequenos nódulos principalmente na área do pescoço, um grande fator de risco

TRATAMENTO

Tratamento pode envolver cirurgia, iodo radioativo, radiação externa, e casos mais graves a entrada com quimioterapia, que elimina as células cancerosas.

Outros artigos:


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.