Datas Comemorativas, Educação Infantil, Projetos Educativos

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil


Selecionamos nesta postagem diversas sugestões para o seu Projeto Dia do Índio para Educação Infantil. O dia do índio é comemorado anualmente no dia 19 de Abril.

Dia do Índio é celebrado anualmente em 19 de abril no Brasil. Esta importante data serve para lembrar e reforçar a identidade do povo indígena brasileiro e americano na história e cultura atual.

Durante o Dia do Índio, as escolas e demais instituições culturais e de ensino incentivam as crianças e os jovens a conhecerem as diferentes práticas culturais dos indígenas.

E foi pensando nisso que selecionamos essas maravilhosas sugestões para o seu Projeto Dia do Índio para Educação Infantil, confira:

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil
Projeto Dia do Índio para Educação Infantil

Este Projeto Dia do Índio para Educação Infantil tem duração aproximada de 1 semana:

Objetivos:

  • Conhecer as histórias dos índios brasileiros;
  • Saber identificar os costumes indígenas;
  • Saber citar quais as influências dos índios em nossa cultura;
  • Relatar como os índios vivem ultimamente no Brasil;
  • Citar o que é e qual o objetivo da FUNAI.

Desenvolvimento do Projeto:

  • Leitura informativa sobre os índios;
  • Leitura de texto sobre o tema indígena;
  • Caça Palavras;
  • Cruzadinhas;
  • Confecção de Máscaras do dia do índio;
  • Confecção de adornos;
  • Jogos da Forca e Salada de letras com temas indígenas;
  • Confecção de Murais e Painéis;
  • Músicas sobre o tema;
  • Pesquisa e debate sobre os índios no Brasil.

Sequência de Atividades:

Culminância:

  • Exposição de trabalhos feitos pelos alunos.

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil para imprimir

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil para imprimir


Projeto Dia do Índio para Educação Infantil – Índio

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil - Índio
Projeto Dia do Índio para Educação Infantil – Índio

Segundo os PCN’s, é preciso que o aluno conheça e valorize a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, bem como aspectos socioculturais de outros povos e nações, posicionando-se contra qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais.

O Dia do Índio é um resgate a nossa história e das nossas raízes. O tema oportuniza o aluno perceber-se outros Grupos sociais, auxiliando-o na Construção da sua identidade, Na atuação como o outro grupo na vida social, na Preservação do Meio Ambiente em que vive e na construção de valores.

OBJETIVOS:

  • Conhecer um pouco da história dos índios.
  • Refletir e valorizar a pluralidade cultural que existe no Brasil.
  • Conhecer, analisar e debater os hábitos e costumes dos indígenas;
  • Estimular a comemoração do dia do índio;
  • Estimular a criatividade.

DESENVOLVIMENTO:

  • Para iniciar a professora levará para sala uma boneca índia, explicar onde ela mora, contar seu nome e contar as crianças que eles poderão levar a menina para casa e contar tudo sobre ela para a família, realizar o registro da visita através de desenho ou foto.
  • Usar o mapa para mostrar as crianças onde tem mais povos indígenas no Brasil:
    Como vive o índio da floresta? Como e a casa desse índio? O que eles comem na floresta? Qual o meio de transporte mais utilizado? Eles usam roupas?
  • É claro que o índio que vemos pelas ruas nos dias de hoje usam roupas, alguns compram sua comida. Mas como vivem os índios da floresta brasileira? Do que se alimentam?
  • Fazer um piquenique com a turma de alimentos saudáveis – frutas!
  • Na imagem acima, a professora decorou com folhas de bananeira, ficou muito lindo!
  • Confeccionar um índio com garrafa pet e também seus utensílios como arco e flecha:
  • Vamos fazer um índio com papel criativo – fazer maquiagem, cabelo e roupa se desejar….
  • Onde Vivem? Onde dormem? Como é a moradia do índio da floresta? Fazer junto com as crianças uma oca de papelão:
  • Cada amigo fará sua oca usando colagem e muita criatividade:
  • Pinturas pelo corpo e no rosto e enfeites – Confeccionar cocar usando papel – seguir o passo a passo:
  • Arte – Vamos utilizar argila para fazer vasos ou panelinhas:
  • O índio que vive na floresta não tem farmácia… como cuidam dos doentes? Vamos aprender o que são Ervas Medicinais.
  • Índio com garrafa pet – Cada amigo fará o rostinho e a pintura no rosto e o cocar:
  • Vamos cantar??? Usando fantoches de dedos, vamos cantar a Música: Indiozinhos:
  • Matemática – Vamos contar?? Música: indiozinhos!
  • Se eu fosse um índio…. Pintar o rosto na foto, colocar o cocar, tudo do seu jeitinho!
  • Vamos cantar e dançar – Confeccionar instrumento musical – chocalho com material reciclado – Siga o passo a passo:
  • Índio com dobradura e canoa com palito de picolé:
  • Pesquisa – Lição de casa – Tudo sobre o índio brasileiro!
  • Faz parte da cultura indígena do Brasil pintar o corpo, enfeitar o corpo e usar colares, vamos fazer colar de macarrão:

Outros em: Plano de Aula – Musical para o Dia do índio


Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Ensino Fundamental

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Ensino Fundamental
Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Ensino Fundamental

Este Projeto Dia do Índio para Educação Infantil, que vamos disponibilizar a seguir foi elaborado pela professora Valéria Tavares e Pertence ao seu maravilhoso blog: www.ensinandocomcarinho.com.br

As datas comemorativas devem ser trabalhadas interdisciplinarmente nas aulas. O dia do índio é uma data especial que sempre é bastante explorada entre as crianças, fazendo-os conhecerem e valorizarem a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, além das diferenças culturais, dos diferentes povos. Trabalhar o dia do Índio é resgatar a nossa história e nossas raízes. O projeto ajuda o aluno a compreender e construir sua identidade e perceber-se como parte integrante de uma sociedade cheia de características singulares, valores e culturas próprias.

Objetivo Geral:

  • Valorizar e conhecer a história dos índios, bem como sua cultura e ensinamentos.

Objetivos Específicos

  • Conhecer os hábitos, costumes e forma de vida dos índios;
  • Conscientizar sobre a importância e o respeito pela contribuição dos índios para com a sociedade;
  • Estimular a imaginação e criatividade das crianças;
  • Tornar prazeroso o processo de aprendizagem durante o desenvolvimento do projeto, através da arte, dança e preservação do meio ambiente.

Sensibilização:

  • Acolhida com roda de conversa sobre os índios;
  • Apresentação de vídeos sobre a cultura, danças, moradia, músicas dos índios, etc.
  • Apresentação e dança da música CURUMIM EI, EI

Desenvolvimento:

  • Contação de História sobre os índios;
  • Exposição das comidas típicas dos índios;
  • Pesquisa sobre as brincadeiras criadas pelos índios;
  • Audição das músicas que representam os índios;
  • Confecção de um mural pela turminha;
  • Desenhos livres sobre o índios;
  • Montagem da Oca na sala de aula;
  • Pintura no rosto das crianças;
  • Confecção de Máscaras para dramatizações;
  • Atividades diversificadas sobre o tema com: recortes, colagens e montagens com objetos;
  • Confecção dos adereços dos índios (cocar e chocalho);
  • Confecção de lembrancinhas para a turma;

Avaliação:

  • A avaliação será analisada através da participação das crianças, bem como suas produções artísticas e desenvoltura em sala de aula.

Outras em: Ideias e modelos de lembrancinhas para o Dia do Índio

Sugestões de Histórias para trabalhar o Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Ensino Fundamental

Mais em: Atividades para o Dia do Índio – 1º e 2º ano


Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Series Iniciais

Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Series Iniciais
Projeto Dia do Índio para Educação Infantil e Series Iniciais

Objetivos gerais:

  • Socialização – estimulando as relações de coleguismo, de amizade e cooperação;
  • Estimular a oralidade usando livro, música e audiovisual – compreensão e interpretação de histórias, cantar músicas;
  • Reconhecer o ritmo na música;
  • Estimular a linguagem e a expressão corporal – danças e imitações;
  • Estimular a apreciação e valorização de objetos artesanais.
  • Estimular a prática da coordenação motora em diferentes atividades de recorte, colagem e pintura;
  • Reconhecer tamanhos – grande/pequeno, maior/menor,;
  • Reconhecer quantidade – mais/menos;
  • Reconhecer cores;
  • Distinguir formas e imagens – igual/diferente;
  • Distinguir características físicas do homem e da mulher;
  • Diferenciar paisagens – natural e modificada.
  • Objetivos específicos:
  • Conhecer e valorizar a cultura indígena – hábitos, costumes e artes;
  • Reconhecer a cultura indígena como parte integrante de nossa cultura;
  • Valorizar a diversidade racial do povo brasileiro e propiciar o respeito à diferença racial e cultural;
  • Conhecer e valorizar o contato e a relação de respeito à Natureza, próprios da cultura indígena, estimulando preservação do meio ambiente;
  • Valorizar a sabedoria dos mais velhos na transmissão de conhecimento através da oralidade;
  • Tornar prazeroso o processo de aprendizagem no ambiente escolar.

Desenvolvimento com a turma

  • Para facilitar o entendimento, dividi, por assim dizer, o projeto em três eixos (mídias utilizadas): Texto, Audiovisual e Música.

Texto:

  • Queno-Curumim, de José Américo de Lima

Objetivo: Trabalhar a relação de respeito e preservação que os indígenas tem com a natureza.

Atividades: Fazer a leitura para a turma e posteriormente a interpretação; pedir que as crianças recontem a história

  •  Versão resumida (feita para a turma) dos romances O Guarani e Iracema, de José de Alencar

Objetivo: Trabalhar as características físicas dos personagens indígenas dessas obras: Peri e Iracema – masculino e feminino.

Atividades: Fazer coletivamente nossos Peri e Iracema usando alunos como molde – recorte, colagem e pintura.


Áudio Visual:

  • Curta metragem de animação Ilya e o fogo, de Caetano Curi

Objetivo: Trabalhar valorização da sabedoria dos mais velhos na transmissão de conhecimento através da oralidade – lenda indígena que conta a aquisição do fogo pelo homem.

Atividades: Assistir ao vídeo fazendo comentários/questionamentos pertinentes a história. Conduzir a interpretação da história. Pedir que os alunos recontem a história.

  • Curta metragem de animação Brincando na Aldeia, da Animazul (2006)

Objetivo: Trabalhar as características de uma aldeia e os costumes indígenas.

Atividades: Assistir ao vídeo fazendo comentários e questionamentos pertinentes a história. Pedir que os alunos recontem a história dramatizando algumas cenas.

Conhecer o CUITÉ e fabricar coletivamente as nossas cuias de cuité.

  • ►Videoclipe Indiozinhos, do DVD “A Galinha Pintadinha”

Objetivo: Trabalhar corpo, movimento, linguagem e quantidade.

Atividades: Dançar e cantar. Atentar para a animação do clipe – mais/menos índios na canoa.

  • Áudio musical com imagens de índios brasileiros em seu habitat natural Amazonas – Índios do Brasil, postado no canal do YouTube Mundiverso

Objetivo: Trabalhar as características, vestimentas e habitat dos indígenas através de imagens de índios brasileiros.

Atividades: Conhecer a imagem real dos índios brasileiros, identificar elementos que compões seu habitat natural, seus objetos e vestimentas. Observar as características físicas desses índios.


Músicas:

  • Chegança, de Antônio Nóbrega (álbum “Pernambuco Falando para o mundo”, de 1998);
  • Mestre Guia, de Mestre Ambrósio (álbum “Terceiro samba”, de 2001);
  • Espírito da mata, de Mestre Ambrósio (álbum “Terceiro samba”, de 2001);
  • Vó cabocla, de Mestre Ambrósio (álbum “Fuá na casa de Cabral”, de 2000).

Objetivo: Trabalhar corpo, movimento e linguagem – dançar e cantar. Relaxamento. Identificar alguns instrumentos na música. Reconhecer o ritmo da música. Conhecer e o instrumento indígena Pau-de-chuva.

Atividades: Deitar, fechar os olhos e ouvir a música. Imaginar cenas relativas ao cotidiano indígena. Acompanhar o ritmo da música com palmas e pés. Conhecer, ouvir e manusear o Pau-de-chuva. Conhecer uma sonoridade próxima a das músicas indígenas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *