<

Região Sudeste

Confira tudo sobre a Região Sudeste do Brasil: Estados, capitais, relevo, vegetação e clima.


A região Sudeste é composta pelos seguintes estados:

EstadoCapital
São Paulo (SP)São Paulo
Rio de Janeiro (RJ)Rio de Janeiro
Espirito Santo (ES)Vitória
Minas Gerais (MG)Belo Horizonte

Segundo o IBGE, é a região mais povoada do Brasil. Suas principais características físicas são:

Relevo da Região Sudeste

São as médias de altitudes mais elevadas do Brasil, as principais unidades de relevos são:

  • Planalto: O Planalto e Serra do Atlântico Leste-Sudeste, é o relevo que ocupa maior espaço da região Sudeste, são arredondados, o que é denominado por Milton Santos como Domínio Morfoclimático de Mares de Morros. Possuem áreas conhecidas, como a Serra da Mantiqueira, Serra do Espinhaço e Serra do Caparaó (onde se encontra o Pico da Bandeira – o ponto mais alto do Sudeste) e detém recursos minerais importantes (manganês, minério de ferro-principalmente na região do quadrilátero ferrífero).

Também há no Sudeste o Planalto e Serra de Goiás-Minas, a área deste planalto mais conhecida é a Serra da Canastra, foi por meio do estudo das rochas dessa região que foi possível detectar que o Estado de Minas Gerais já foi coberto pelo mar.

Por fim, o Planalto e Chapadas da Bacia do Paraná, esta região passou pelo derramamento de lava, há milhões de anos atrás, na constituição desse planalto há rochas basálticas, que ao sofrer erosão origina o solo de terra roxa, solo fértil, onde foi cultivado o café em São Paulo.

-Planícies: Constitui uma faixa estreita no litoral, em determinados locais, chegam a desaparecer, são áreas que recebem sedimentos, o Sudeste também conta com planícies de rios.

-Depressão:  São áreas mais baixas que a circunvizinhança, se originam por meio dos intensos processos de intemperismo e erosão. As duas depressões do Sudeste são Depressão da borda leste da bacia do Paraná e Depressão Sertaneja e do Rio São Francisco.

Veja também: Região Norte

Vegetação da Região Sudeste

É importante sabermos que a cobertura vegetal na região Sudeste foi a mais devastada, atualmente, existem poucas formações vegetais originais. As principais vegetações naturais do Sudeste são:

  • Vegetação litorânea: origina-se em área de transição entre ambiente marinho e continental, em locais em que a água salgada do oceano invade a água doce dos rios, dando origem a água com teor de salinidade superior ao existente nos rios, neste local se forma a vegetação litorânea, composta por mangue. Faz parte da vegetação litorânea a restinga, que surgem em locais de solo arenoso.
  • Araucária: É formada por árvores altas (entre 20 e 50 metros), surgem em locais de latitude elevadas, são conhecidas como pinheiros e no Brasil ocorre principalmente na região Sul, na região Sudeste ocupa pouco espaço.
  • Floresta tropical: Vegetação úmida, densa, com árvores de alto porte e elevada biodiversidade, animal e vegetal. Esta vegetação é denominada de Mata Atlântica, uma das vegetações mais devastadas do Brasil, atualmente, existe aproximadamente 7% da vegetação original. Estas estão presentes no Planalto e Serra do Atlântico Leste-Sudeste.
  • Caatinga: Surge no norte de Minas Gerais, onde o clima é semiárido, são vegetações xerófitas, com cascas grossas (para evitar a evapotranspiração), são espinhosas e tortuosas, se adaptam em locais de temperatura elevada e chuvas irregulares.
  • Cerrado: Presente no interior de São Paulo e em grandes trechos de Minas Gerais, composto por arbustos, com troncos tortuosos, devido a acidez do solo desta região, há duas estações bem definidas, o verão chuvoso e o inverno seco. Esta vegetação também sofre com o desmatamento, principalmente as queimadas criminosas.

Também recomendamos: Região Nordeste

Clima da Região Sudeste

Existem várias bibliografias que se utilizam de diferentes critérios para classificar o clima da região Sudeste, nos pautaremos na classificação de José Bueno Conti, que classificou três diferentes climas na região Sudeste, clima tropical de altitude, subtropical e topical continental.

O clima Subtropical, ocorre em uma pequena parte do estado de São Paulo, as chuvas são bem distribuídas ao longo do ano, com temperaturas mais baixas e, devido a massa de ar polar, o inverno tende a ser mais rigoroso que no restante da região Sudeste.

Para entendermos o clima tropical de altitude,  precisamos entender que o relevo é um fator climático importante, porque quanto maior a altitude, menor será a temperatura, portanto, cidades que se localizam em altitudes elevadas, como as regiões serranas, tendem a ter temperaturas mais baixas e podem registrar, durante o inverno, temperatura abaixo de 0°C. Os principais exemplos são Campos do Jordão (SP) e Nova Friburgo (RJ). O interior de Minas Gerais, São Paulo e uma pequena parte do Espírito Santo são os locais de ocorrência do clima tropical de altitude.

O clima Tropical Continental, ocorre em quase todo litoral brasileiro, ao norte e oeste dos estados de São Paulo e Espírito Santo. Este clima apresenta duas estações bem definidas, o inverno seco e o verão chuvoso. A região litorânea, devido ao fator climático maritimidade, tende a registrar menor amplitude térmica e possui índice pluviométrico superior, a região correspondente ao norte e oeste de São Paulo e Minas Gerais, devido ao fenômeno de continentalidade, apresentam maior amplitude térmica e índice pluviométrico inferiores.

É importante ressaltar, que no limite entre Minas Gerais e Bahia, são registradas as temperaturas mais elevadas da região Sudeste, além das chuvas escassas, isso acontece, porque essa é uma área de transição entre o clima tropical continental e o clima semiárido presente no Sertão Nordestino. A porção do estado de Minas Gerais, extremo norte, em que se tem ocorrência deste clima é denominado, juntamente com outros estados da região Nordeste, Polígono da Seca. O governo brasileiro reconheceu as demandas desta região e tenta criar políticas sociais que sejam efetivas para o atendimento da população que reside nesta área.


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.