<

TENDÕES


Os tendões ou tendão faz parte do nosso sistema muscular e o mesmo tem grandes funções em nosso corpo, como a conexão dos músculos aos ossos permitindo o equilíbrio estático e dinâmico do sistema esquelético, e garante à movimentação do nosso corpo, em sua estrutura os tendões são constituídos pelo tecido conjuntivo e faz parte do músculo estriado.

CARACTERÍSTICAS DOS TENDÕES

Os tendões em sua estrutura são constituídos por uma cor esbranquiçada e possui fibras dos tecidos conjuntivos de colágeno, são grossos, rígido e possibilita uma grande flexibilidade ao corpo, e como mesmo mencionada anteriormente, os tendões fazem parte do músculo estriado.

Para melhor entendimento, o músculo estriado, é um músculo formado por varias fibras musculares e podem medir vários centímetros, o mesmo possibilita os movimentos de forma dependente do individuo, ou seja, são contrações voluntarias e fazem parte dos tendões.

Já o tecido conjuntivo de colágeno, é uns dos mais importantes tecidos do nosso corpo, é nele que o tendão encontra a possibilidade de regeneração quando é lecionado, o mesmo está presente no tecido conjuntivo frouxo, esse tecido conjuntivo necessita do colágeno para a elasticidade e resistência

Como mesmo mencionamos, o tecido conjuntivo possibilita à conexão dos ossos a musculatura do nosso corpo, além disso, ajuda dar estabilidade as juntas, ou seja, a união de dois ossos das articulações.

E você sabe qual é a diferença entre os tendões e as articulações? Os tendões é a ligação entre os músculos e ossos, com essa ligação permitem que os ossos transfiram força suficiente para o esqueleto. Já as articulações são revestidas por ligamentos que permitem a junção de dois ossos do nosso corpo.

Também recomendamos: Desmossomos e Testosterona.

TIPOS DE TENDÕES

Em nosso corpo, não existe apenas um tipo de tendão, eles podem ser divididos de acordo com a sua localização nos membros esqueléticos, como tendão flexor e tendão extensor, vamos conhecer cada um deles?

O tendão flexor é encontrado nas mãos, o tendão flexor possibilita o movimento das mãos, como dobrar, esticar os dedos, não só das mãos, mas também dos pés, uma lesão nessa área pode ocasionar danos graves, como a perda da parte desses movimentos, isso pode ocorrer por acidentes domésticos, como corte no dedo pelo uso da faca, lesões durante a pratica de algum esporte, como lutas, e a causa mais comum é a artrite reumatoide, tudo isso pode trazer a perda de sensibilidade nas mãos. Geralmente essas lesões requerem cirurgia.

Já o tendão extensor, é também parecido com o tendão anterior, o mesmo também é localizado nas mãos e nos pés, mais especificamente no dorso das mãos e nos dedos, a função do mesmo é permitir os movimentos mais básicos, como esticar os dedos e abrir e fechar a mão, quando o tendão extensor sofre alguma lesão, à pessoa perde a capacidade de estender a mão. Duas lesões comuns podem afetar o tendão extensor, dedo da plataforma e deformidade na lapela, as lesões podem ocorrer por corte nos dedos, lesão por algum tipo de esmagamento, artrite, muita força colocada no dedo, entre outros, isso pode ocorrer em jogos esportivos, como basquete, futebol americano. O tratamento pode ser apenas por medicamentos ou em lesões mais graves cirúrgicos.

TENDÕES DO CORPO HUMANO

Os tendões podem estar presentes em várias articulações do corpo humano, como mãos, pescoço, braços, pés, tornozelos, cotovelos, ombros, enfim, algumas lesões nessas partes podem ser bem graves, como mencionado, as lesões dos tendões costumam ocorrer em pessoas que praticam esportes com grande freqüência.

Conheça mais detalhadamente alguns deles e as principais lesões ocasionadas pela tendinite:

TENDÃO DO JOELHO:

O Joelho apresenta 3 tendões extremamente importantes, como tendão do quadríceps, tendões isquiotibiais, tendão patelar, ambos ajudam no equilíbrio e estabilidade das articulações. Há lesões sérias que podem cometer o joelho, chamada de tendinite patelar, a tendinite no joelho ocasiona dores fortes no local, principalmente quando o individuo pratica alguma caminhada ou algum exercício físico.  Geralmente essa espécie de tendinite, (tendinite é a inflamação dos tendões, e hoje em dia está sendo substituída por tendinopatia) pode ser de 3 graus e afetam pessoas que praticam esportes, principalmente jogadores de futebol e corredores, essas atividades demandam um maior uso do músculo, ocasionando lesões, a mesma pode acometer idosos pela falta de colágeno e consequentemente o desgaste nos ossos.

Os sintomas são bem freqüentes e contínuos, com dor na frente do joelho acompanhado com inchaço, dificuldade de movimentação do músculo e principalmente dores na hora de pratica alguma atividade física ou até mesmo andar.

O tratamento depende do grau da tendinite, se for leve pode envolver repousos acompanhados com medicamentos para alivio da dor, ou em casos mais graves pode haver sessões de fisioterapia com aparelhos que estimulam a área, caso haja uma ruptura total da lesão, é necessário entrar com a cirurgia.

TENDÃO DAS PERNAS

Os tendões das pernas, como os tendões do joelho, contem cinco tendões extensores de grande importância para a realização de movimentos, como tibial anterior, extensor longo e curto do halux, extensor e flexores dos dedos, podendo também ser longo ou curto, no tornozelo encontramos os tendões tibiais e posteriores.

As lesões mais comuns de acontecer nas pernas é a ruptura do tendão de Aquiles, ou seja, no calcanhar, é uma lesão que afeta diretamente a parte de trás da perna, a lesão costuma aparecer em pessoas que praticam esportes com freqüência, a ruptura ocorre com mais freqüência em homens, entre 30 e 40 anos de idade, medicamentos como antibióticos facilita a ruptura do tendão. Os sintomas são dores freqüentes no local e dificuldade de andar.

FATORES DE RISCOS DA TENDINITE

  • O alongamento é um fator de extrema importância para evitar a tendinite, se houver falta dela, pode provocar lesões e dores musculares, ou seja, o sobrecarregamento dos tendões
  • O fator envelhecimento também pode ser um fator de risco, pois o corpo vai perdendo nutrientes importantes para os músculos e consequentemente o colágeno e a perda de flexibilidade, ocasionando lesões.
  • O fator estresse pode ser surpresa para muitos para ser um fator de risco, o estresse afeta os músculos ocasionando contraturas.
  • Os Movimentos repetitivos é um grande alerta, temos o exemplo de trabalhos realizados em fabricas, aonde muitos trabalhadores acabam adoecendo e comprometendo principalmente os movimentos dos dedos das mãos,
  • Esportes como tênis, futebol, corrida, basquete, pode ocasionar lesões sérias nos tendões

É extremamente necessário procurar um medico quando houver alguma lesão séria em alguma parte do corpo, que pode acometer os tendões ou a ruptura do mesmo, é preciso prestar atenção nos sinais, como vermelhidão, dores no local, inchaço e força comprometida.

Outros artigos:


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.