<

Lei dos gases


Os gases são fluídos que não tem forma e nem volume próprio, sua forma e tamanho vai depender do recipiente onde estão armazenados.

Isto porque as moléculas dos gases, são separadas uma das outras.

As leis

As leis dos gases foram criadas por três físicos e químicos diferentes. Isto aconteceu no século XVII e XIX; são elas:

  • Lei de Boyle – transformação isotérmica
  • Lei de Gay-Lussac – transformação isobárica
  • Lei de Charles – transformação isométrica

Nestas leis foram estudadas as propriedades de volume, pressão e temperatura dos gases.

Gases ideais

Os gases ideais ou gases perfeitos são modelos que foram idealizado para facilitar o estudo dos gases . As três leis dos gases mostram o comportamento dos gases perfeitos tem propriedades constantes, enquanto que outras duas são constantes.

Kit de Alfabetização Só Escola

Características dos gases ideais:

  • Movimento desordenado e não interativo entre moléculas
  • Colisão das moléculas dos gases são elásticas
  • Ausência de forças de atração e repulsão
  • Tem massa, baixa densidade e volume desprezível

Lei de Boyle

A lei criada pelo físico e químico Robert Boyle mostra uma transformação isotérmica.

Onde a temperatura dos gases permanece constante, enquanto que o volume do gás e a pressão são proporcionais mas, de maneira inversa.

Kit Educação Especial

P.V = K ou P = K/V

P = pressão da amostra

V = volume

Kit Educação Especial

K = constante de temperatura (dependendo da natureza do gás, da temperatura e da massa)

Lei de Gay – Lussac

Esta lei criada pelo também físico e químico francês Joseph Louis Gay – Lussac mostrando uma transformação isobárica dos gases quando a pressão do gás é constante, a temperatura e o volume são proporcionais:

V = K.T ou K = V/T

Kit Educação Especial

V = volume do gás

T = temperatura

K = constante da pressão (isobárica)

Kit Educação Especial

Veja ainda: Energia eólica

Lei de Charles

Criada pelo físico e químico também francês Jacques Alexandre César Charles e apresenta uma transformação isométrica ou isocórica dos gases perfeitos.

Aqui o volume do gás é constante e a pressão e temperatura são proporcionais:

P = K.T ou K = P/T

P = pressão

T = temperatura

K = constante de volume (dependendo da natureza, volume e massa do gás)

Recomendo: Leis de Newton

Equação de Clapeyron

A equação de Claperyron foi idealizada pelo químico e físico francês  Benoit Paul Émile Clapeyron. Este estudo une as três propriedades dos gases: temperatura, pressão e volume:

P.V = n.R.T

P = pressão

V = volume

n = número de mols

R = constante universal dos gases perfeitos = 8,31 J/mol.K

T = temperatura

A equação geral dos gases ideais ou perfeitos

Esta equação é usada para os gases que possuem massa constante, que seriam número de mols, e variação de alguma das grandezas que são pressão, temperatura e volume:

K = P.V/T ou P1.V1/T1 = P2.V2/T2

P = pressão

V = volume

T = temperatura

K = constante molar

P1 = pressão inicial

V1 = volume inicial

T1 = temperatura inicial

P2 = pressão final

V2 = volume final

T2 = temperatura final