<

Energia eólica


A energia eólica é uma das energias renováveis nos dias de hoje por não causar grande impacto ambiental

O que é Energia eólica?

É o vento sendo transformado em energia cinética que na sequência, se transforma em eletricidade. A energia eólica é usada desde a antiguidade para bombear água, moer grãos e para barcos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) colocou a energia eólica como prioridade para incentivar investimentos na energia verde. A energia eólica é também chamada de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL).

Os métodos de energia dominantes são criticados pelo impacto ruim que causam ao meio ambiente. As termoelétricas jogam sujeira no ar, contribuindo com o efeito estufa queimando carvão vegetal, óleo e madeira.

As hidroelétricas lideram como fonte de energia mais utilizada no Brasil.

Kit de Alfabetização Só Escola

Aerogerador

São grandes turbinas que geram a energia eólica. Estas turbinas são conhecidas como aerogeradores. Tem formatos de cata-ventos e também de moinhos.

Estas turbinas são geralmente instaladas onde há grande incidência de ventos.

Sua funcionalidade é transformar a enérgica cinética em energia eólica ou mecânica. Os ventos são correntes de conversão na atmosfera do nosso planeta.

E que são impulsionadas pela energia térmica criada pelo sol. O vento é uma energia solar e se não houvesse o sol, esta energia não existiria.

O vento que seria o movimento do ar, surge na superfície da terra onde há solo e água. O calor do sol aquece rapidamente o solo onde o a água e o ar aquecido são mais leves.

E desta forma, o ar sobe. No período da noite, o ar sobre a água é mais quente que na sequência, é substituído pelo ar mais fresco do solo.

Veja também: Leis de Newton

Brasil

Aqui em nosso país, a energia eólica passou a ser produzida à partir de 1992 em Fernando de Noronha onde foi instalado um aerogerador.

Hoje, no Brasil existem 298 usinas eólicas, o que deixa nosso país com o título de líder do setor do mercado sul-americano. A produção diária abastece cerca de 13 milhões de pessoas gerando diariamente 2,9 megawatts.

A energia eólica representa 3,5% da energia do Brasil e a meta do Ministério das Minas e Energia é chegar aos 11%. O Rio Grande do Sul lidera a produção de energia eólica. Em segundo lugar o Ceará e em terceiro, a Bahia.

O consumo da energia eólica em uma residência é de aproximadamente 166 KWh/mês. Somente uma turbina consegue abastecer 300 residências.

Benefícios da energia eólica

  1. É uma fonte de energia inesgotável.
  2. Não emite gases nocivos.
  3. Não gera resíduos poluentes ou não poluentes.
  4. Os aerogeradores podem ser instalados em áreas afastadas sem necessidade de deslocamento da população e não atrapalha a pecuária e agricultura.
  5. Gera aumento de autonomia do país na questão de geração da energia no país.
  6. Reduz de maneira significativa a utilização de energia fóssil.
  7. É uma forma de energia barata se consumida a longo prazo.
  8. A instalação da estrutura de energia eólica é de menos de 6 meses.
  9. A recuperação do dinheiro investido nas instalações é recuperado antes de 6 meses, a contar do início das atividades dos aerogeradores.

Recomendamos também a leitura: Propagação de calor

Desvantagem da energia eólica

  1. O vento não tem uma continuidade de produção para ser gerada uma energia constante.
  2. A instalação de um sistema eólico pode mudar a paisagem da região.
  3. Causa um impacto direto na migração das aves.

O nome eólico vem do latim Aeolicus mas o termo provém da mitologia grega, referente ao deus grego Éolo. Quando houve a crise do petróleo, a energia eólica ganhou importância. O maior produtor de energia eólica do mundo é a China, seguida pelos Estados Unidos e Alemanha. E a maior turbina eólica do mundo se encontra no Havaí, tem 20 andares.

Outros artigos:

Você sabe como funciona a Energia Eólica?