Anos 50

Conheça tudo sobre a economia, tecnologia, moda, cultura e sociedade dos anos 50.


O presente artigo tem por finalidade apresentar todo processo histórico cultural, musical, econômico, social, de uma época que marcou gerações, e foi considerada um marco de expansão em vários segmentos nos anos 50.

INTRODUÇÃO

Compreender os anos 50, ou melhor, anos dourados, é mergulhar em uma década de grandes feitos e descobertas, que foram de grande relevância para construir um período de marcos para a historia. A década de 50 se compreende entre os anos de 1950-1959, a mesma que trouxe consigo o fim da Segunda Guerra Mundial, trouxe também acontecimentos de mudanças significativas no cenário social, econômico, cultural, e principalmente na moda.

Veja também: Anos 60.

ECONOMIA

A economia trouxe uma descoberta que até hoje rende muito assunto, principalmente no âmbito político, A criação da Petrobras, ano de 1953, tendo como seu principal figura, Getúlio Vargas, atual presidente do Brasil na época, o mesmo assinou a Lei que cria a Petrobrás, após um longo caminho de embates e controversas

Anos 50
(Getulio Vargas sanciona, em 1953, a lei que cria a Petrobras)

Outro ponto importante foi o Tratado de Roma, assinado em 1957, instituindo duas linhas de tratados, Comunidade Econômica Européia (CEE) e Comunidade Européia da Energia (EURATOM), esse tratado tinha como principal objetivo Alencar a economia com os países membros, estabelecendo a união aduaneira e o mercado comum, a implementação da energia nuclear e melhoria de vida dos países membros também eram objetivos a ser conquistados, faziam parte dos países membros: Alemanha, Itália, França, Luxemburgo, Bélgica, Holanda.

A revolução industrial foi de suma importância para o crescimento econômico brasileiro, trazendo impactos positivos, como aumento da produção industrial, diminuindo gradativamente o preço final do produto, reconhecimento dos direitos por parte dos trabalhadores nas indústrias e sindicatos, houve grandes avanços acerca do transporte, infraestrutura, iluminação das cidades, mas houve também impactos negativos, como a grande poluição sem precedentes dos rios, ar, o trabalho infantil, e grande aumento dos centros urbanos.

Outro Fato importante é a criação de Brasília em 41 meses, 1956-1960, e a valorização de matérias primas brasileira, que trouxe amontoamento de reservas cambiais.

CULTURA E SOCIEDADE

Não há como passar pelas décadas sem mencionar o grande valor da cultura e o grande desenvolvimento da sociedade durante os anos, principalmente na década de 50, que trouxe o fim da segunda guerra mundial, que culminou no aumento econômico dos países, que alavancou suas influencias culturais norte America para o Brasil, como a Paisagem urbana, modificada com a construção de Edifícios, prédios, com um toque de mobílias modernas.

Todos esses fatos ocasionaram mudanças diretas na sociedade que evoluiu em grande massa, mudando o consumo e comportamentos, passando por um processo de modernitude, que se alastrou mais ainda com a chegada de revistas, e a grande publicidade transmitida pelos meios televisivos, em 1950, sendo denominada “sociedade urbano-industrial”

O aparecimento da “Sociedade em Massa” se deu pelo fato da expansão dos meios de comunicação e publicidade, como a rádio e televisão, fontes que traziam muitas noticias, que trouxe o aumento de jornais, revistas e fotonovelas, que eram pequenas revistas que contavam em quadrinhos historias de personagens, sendo a primeira revista chamada de” Fotoromanzo”. O Cinema e arte também se destacaram, o cinema produziu as chanchadas, um filme que misturava comédias musicais, ficção cientifica, com um pouquinho de enredo policial.

Todas essas mudanças possibilitaram que as sociedades de centros urbanos médios tivessem acesso a esses tipos de novidades, e pudesse consumi-las, a cultura tinha como objetivo principal o intuito de transformação, transformação de uma sociedade que vivia e ainda vivem em um pais subdesenvolvido, o lema era, modificar e construir uma sociedade independente.

A Cultura buscou novas formas de pensar o surgimento de novas técnicas e maneiras de se fazer cinema, teatro e principalmente a literatura, e a arte, baseada em uma nova sociedade que crescia, valorizando práticas populares e nacionais, a cultura encontrou nas camadas urbanas, a possibilidade de Alencar a sua expansão cultural, juntamente com o desenvolvimento do país.

Os anos dourados trouxeram nuances otimistas, e de grandes mudanças sociais e artísticas, culturais.

Fatores importantes que não pode ser esquecido:

  • Na década de 50 houve grande aumento analfabetismo, atingindo 50% da população
  • Aumento da população urbana
  • A modernização em grande ascensão

TECNOLOGIA

Como não falar de tecnologia, principalmente na década de 50, podemos mencionar destaques em várias áreas, dando ênfase no meio tecnológico, que se estendeu em vários campos como uma febre, uma época em que a sociedade começou a compreender a importância e crescimento do meio tecnológico, o mesmo era sinônimo de prosperidade. Os equipamentos de construção ganharam força (pás carregadeiras de rodas e esteiras, tratores, escavadeiras)

Tecnologias dos anos 50

Outros avanços podem ser citados:

  • Rede tupi é fundada em 1950
  • Foi criado o primeiro computador transistores usado para trocas de sinais, abrindo caminho para rádios
  • No sentido mundial, foi colocado o primeiro satélite em orbita, 1957
  • Transmissão Powershift, produzida pela Ford
Elvis Presley

Foi nos anos 50 que explodiu diversos estilos musicais que fizeram historia ao longo do tempo, como o Jazz, Country, Blues, fazendo com que os Estados Unidos saísse em crescente no meio artístico, alem de Elvis, muitos Marcaram Historia, Johnny Cash, Chuck Berry, considerado o fundador do Rock, em outras palavras, o pai do rock, entretanto surge Elvis, já mencionado, que tirou Chuck do posto.

O surgimento da guitarra elétrica também teve seu grande espaço, graças ao rock, representantes como Frank Sinatra e Dean Martin, deram um grande toque de talento na época.

Já no Brasil, o estilo Bolsa Nova fez muito sucesso, dando destaque a João Gilberto, Vinicius de Moraes, e Tom Jobim, grandes artistas Brasileiros que com o estilo musical, trouxe a bolsa nova na mistura do Jazz e do samba, uma delicia de mistura.

E como não se lembrar do sucesso que é destaque até hoje… Garota de Ipanema.

MODA

A moda surge com um tom mais voltado para o âmbito social das pessoas, após o fim da Segunda Guerra Mundial, muitas mulheres deixaram de se vestir da maneira que se vestiam antes da guerra, pelo fato que alguns países ainda se recuperavam no quesito economia.

Coco Chanel, uma famosa marca da época, cria opções mais econômicas e baratas, com tecidos mais acessíveis em sua coleção, mas, outra marca também muita famosa, chega dando outras nuances, Cristian Dior, veio com sua criação do momento, o New Look, que tinha como principal marca o luxo, luxo esse deixado para trás durante a guerra.

O New Look não foi bem visto, principalmente pelo fato das peças serem caras, enquanto o cenário social era desesperador, uma peça custava mais de 40.000 mil francos. O estilo New Look, era representado em saias longas e rodadas, a marcação na cintura era um detalhe que não podia faltar, luvas, chapéus, óculos, saltos faziam parte da composição do visual. Logo mais tarde, Cristian criou sua própria coleção, New Look Dior.

Moda dos anos 50

A Moda praia era muito restrita, os biquínis eram enormes, o preconceito ainda era algo muito presente na vida das mulheres.

Filmes que influenciaram a moda:

  • Juventude Transviada (1955) influenciou a moda dos Jovens rapazes na época, como a Calça Jeans, Jaqueta, Camiseta Branca.
  • Nos tempos da Brilhantina, que também influenciou o mundo da moda

A moda nos anos 50 enfatizou a diferença de classes, o Glamour sem precedentes, e a busca pelos padrões de beleza.


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.