História do Futebol


Conheça neste artigo um pouco sobre a História do Futebol no Brasil e também no mundo.

O futebol é uma das práticas esportivas mais populares em todo o mundo. Trata-se de um esporte praticado e apreciado em centenas de países, e órgão responsável por organizar eventos relacionados ao futebol é a FIFA.

A popularidade do futebol é atribuída a sua simplicidade e facilidade de ser jogado, sendo praticado em todos os continentes por pessoas de diversas faixas etárias, em escolas, clubes, ruas e quadras.

Também recomendamos: Futsal.

História do futebol na Ásia

Por volta de 2.600 a.C., na região onde atualmente é a China, praticava-se um ritual chamado de TsüTsü, que nada mais era do que utilizar a cabeça do chefe da tribo de inimigos pelos guerreiros das tribos vencedoras como bola, de forma a ser chutada pelos vencedores em uma espécie de jogo. Está espécie de ritual era realizada porque os chineses acreditavam que dessa forma eles poderiam assimilar a inteligência, a força, a habilidade e a capacidade de liderança do inimigo vencido.

Também nesta época, na região onde atualmente é o Japão, surgiu uma prática conhecida como Kemary, cujos jogadores objetivam manipular e controlar a bola com os pés, de forma ágil, delicada e elegante. O Kemary era considerado uma cerimônia de celebração do autoconhecimento, da meditação, do autocontrole e da autoaprendizagem, servindo como um agente disciplinador.

O Kemary era praticado dos integrantes da corte do imperador japonês, em um campo de área aproximada de duzentos metros quadrados. A bola utilizada no jogo era confeccionada em fibras de bambu, e o contato físico entre os jogadores (8 em cada time) era proibido pelas regras.

Jogando Futebol

História do futebol no Ocidente

Já no período histórico que se estabeleceu entre 1.200 e 1.600 a.C., surgiu, na América pré-colombiana, um esporte chamado de Tlachtli, que era praticado com bolas de borracha pouco flexível; o objetivo deste jogo era fazer uma representação da batalha mitológica que ocorre entre a luz e a escuridão.

Já no século IV a.C., as práticas esportivas Epyskiros e Harpastum, eram praticadas na Grécia em Roma, respectivamente. Estes jogos consistiam em trabalhar uma bola com os pés e levá-la até o lado adversário do campo.

Estes esportes eram praticados exclusivamente por aristocratas, com exceção dos períodos das festas de Baco, deus do vinho, nos quais o povo todo era liberado para jogar estes jogos como uma homenagem ao deus.

Na prática do Epyskiros, os soldados gregos eram divididos em duas equipes formadas por nove jogadores cada e jogavam a bola em um terreno retangular. Após a Grécia ser dominada pelos romanos, estes assimilaram a cultura grega e desenvolveram o Harpastum, que era mais violento do que o jogo grego.

No século XIV, na Itália, um esporte chamado Calcio era popular entre a nobreza italiana. O Calcio era jogado em uma área de 120 metros de largura por 180 metros de comprimento, delimitados por hastes de madeira no chão; a disputa ocorria entre times compostos por 25 a 30 jogadores cada. O objetivo deste jogo era fazer com que a bola ultrapassasse a trave do time adversário. Foi este modelo de jogo que chegou à Inglaterra no começo século XVII.

Regulamentação do futebol na Inglaterra

Após chegar à Inglaterra e se popularizar, o futebol passou por um processo de regulamentação para estabelecer e organizar as regras do jogo. Estas regras passaram então a ser seguida por muitos colégios ingleses, no início do século XIX.

Ficou determinado que o campo de futebol deveria ter uma área 120 metros de largura por 180 metros de comprimento, com dois arcos colocados na extremidade, chamados de gol. Assim após ser sistematizado e ter regras claras, a prática do futebol se popularizou entre estudantes e herdeiros da nobreza inglesa.

Em 1871, surgiu a posição do goleiro, o único jogador que teria permissão para colocar as mãos na bola, ficando posicionado na frente do gol e impedindo a entrada da bola no mesmo.

Já em 1875, ficou estabelecido que o tempo de cada partida seria de 90 minutos, e em 1891 foi criado o pênalti, como punição para uma falta cometida dentro da área. Apenas em 1907 foi criada a regra sobre o impedimento.

Em 1886 o futebol se profissionalizou, com a criação da International Board, uma organização responsável por estabelecer as regras do futebol e organizar seus eventos. 

Em 1888, foi criada a Football League, uma organização responsável por organizar campeonatos internacionais de futebol.

Em 1904, surgiu a FIFA (Federação Internacional de Futebol Association), uma organização responsável por que organizar e estabelecer regras do futebol mundial até hoje. A FIFA  é responsável por organizar grandes campeonatos de seleções nacionais, como a Copa do Mundo e os campeonatos continentais de seleções.

História do Futebol no Brasil

No Brasil, o futebol foi introduzido oficialmente por Charles Miller, em 1894, no Rio de Janeiro. Charles Miller era paulistano e viajou para Inglaterra quando tinha nove anos de idade, para completar seus estudos. Na Inglaterra, Miller conheceu o futebol e trouxe, em 1894, a primeira bola de futebol para o Brasil e as regras que aprendeu.

O primeiro jogo de futebol realizado no Brasil ocorreu em 15 de abril de 1895, em uma disputa entre empregados de empresas inglesas localizadas em São Paulo. A disputa ocorreu em empregados da Companhia de Gás contra os empregados da Ferroviária São Paulo Railway.

O primeiro time de futebol criado no Brasil foi o São Paulo Athletic, formado em 13 de maio de 1888.

Ao chegar ao Brasil, o futebol era uma prática da elite da sociedade, e os negros não podiam participar dos jogos.

A primeira liga de futebol brasileira foi fundada em São Paulo, em 1901. Seguiu-se a criação das ligas do Rio de Janeiro em 1905 e Baiana, Mineira e Paranaense em 1915.

Em novembro de 1915, foi criada a Confederação Brasileira de Desportos, som a finalidade de organizar a prática do futebol no Brasil, sendo reconhecida como uma entidade oficial do futebol pela FIFA em 1917.

Em 1930, foi realizada a primeira Copa do Mundo de Futebol, sediada no Uruguai, na qual a seleção uruguaia foi campeã e a seleção brasileira terminou a competição em sexto lugar.

Veja ainda: Futebol.


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.