Pragmático ou prático? Saiba a diferença


O significado da palavra pragmático refere-se a algo que é costumeiro, usual, que habitualmente se pratica. A pragmática refere-se a um conjunto de regras, etiquetas ou formalidades da sociedade. Uma pessoa pragmática segue à risca essas leis.

A origem de pragmático tem suas raízes na Grécia antiga. Em grego “pragmatikus” e no latim “pragmaticu”, a definição original da palavra é “ser prático”. Alguém pragmático pode se referir a alguém com ordem prática, sem rodeios, realista e sem subterfúgios.

Veja também:

No dicionário, pragmático tem a seguinte definição:

Adjetivo

Que é prático; que realiza algo objetivamente.

Que se preocupa com uma ação concreta e eficaz; prático.

Que considera o aspecto objetivo das coisas, por oposição ao abstrato; objetivo.

Linguística

Pertencente ou relativo à pragmática, à teoria que analisa a linguagem partindo da interação entre a pessoa que fala (falante) e o efeito que sua fala tem na pessoa que ouve (ouvinte).

Filosofia

Que se refere ou pertence ao pragmatismo; que tem o valor prático como critério de análise.

Etimologia (origem da palavra pragmático)

Do latim pragmaticus.a.um.

Sinônimos de Pragmático

Pragmático é sinônimo de: usual, realista, prático, hábil, objetivo, funcional, realístico.

Definição de Pragmático

Classe gramatical: adjetivo

Separação silábica: prag-má-ti-co

Plural: pragmáticos

Feminino: pragmática

Exemplos com a palavra pragmático segundo a Folha de São Paulo:

  • O ex-presidente x um conservador pragmático que dirige duas instituições-chave do regime, apoiou Mousavi durante a eleição.
  • Fontes da Presidência grega indicaram, no entanto, que é preciso ser “pragmático” e não ter “expectativas altas demais” sobre a velocidade e os resultados deste processo.
  • O time que Parreira definiu com um estilo pragmático e voltou com a taça.
Pragmático
Pragmático

Pragmatismo e a filosofia

Segundo a filosofia, a pessoa pragmática tem objetivos bem estabelecidos, sem improviso. Uma pessoa pragmática precisa de soluções imediatistas para seus problemas, com resoluções rápidas, ágeis e práticas para eliminar obstáculos.

O filósofo americano Charles Sanders Peirce, apoiado pelo jurista Oliver Wendell Homes Jr. e o psicólogo William James, defendeu o pensamento que a ideia que temos de um objeto qualquer nada mais é senão a soma das ideias de todos os efeitos imaginários atribuídos por nós a esse objeto, que passou a ter um efeito prático qualquer.

Para os filósofos, a ideia do intelectualismo era abominada, pois o pragmatismo considera o valor prático como critério da verdade. A pessoa adepta ao pragmatismo é realista, não faz rodeio, tem metas e prioridades bem definidas e considera o valor prático como critério da verdade.

Em suma, a pessoa pragmática é:

  • Realista
  • Foge de improvisos
  • Têm objetivos bem definidos
  • Tem soluções imediatas para os problemas
  • Segue a risca leis, normas, regras e diretrizes.

O pragmatismo prega com veemência que tudo tem uma utilidade, ou praticidade. A pessoa pragmática é adepta ao conceito que as ideias e atos de qualquer pessoa somente são verdadeiros se servem à solução imediata de seus problemas. Nesse caso, torna-se a verdade pelo o que é útil naquele momento exato, sem consequências.

Pragmatismo ou praticidade

O pragmatismo está amplamente relacionado com praticidade. Geralmente uma pessoa pragmática é pratica no mais amplo sentido da palavra. Um entusiasta do pragmatismo geralmente tende a resolver as coisas com simplicidade, sem rodeios, buscando a maneira mais simples e objetiva de fazer.

E mesmo sendo ágil e habitual, o pragmático opta sempre por escolher recursos que são utilizados como regra geral. Ou seja, age conforme as regras e diretrizes da sociedade, optando pelo que costumeiramente é feito, pelo que é mais usual.

Segue alguns sinônimos mais conhecidos de pragmático:

  • Funcional,
  • Materialista,
  • Frequente,
  • Direto,
  • Utilitário,
  • Positivo,
  • Corriqueiro,
  • Usual,
  • Objetivo,
  • Cômodo,
  • Realista,
  • Sensato,
  • Entre outros.

Pessoa pragmática não é um termo que pode ser designado a alguém que planeja as coisas. O pragmático é o individuo que não complica, não fica planejando muito tempo o que vai acontecer e não cria desculpas.

É aquela típica pessoa que “vai lá e faz”. Pragmática é a pessoa de ação, aquela que resolve. Geralmente a pessoa pragmática não é muito criativa. É o tipo de pessoa que pensa: “não se mexe em time que está ganhando”.

Isto se dá porque geralmente, o pragmático não está muito disposto a pensar antes de agir. Ele apenas quer soluções que se enquadrem em seu perfil, que dê certo, que não exija reviravoltas, que não complique sua situação e que não afronte as regras de cidadania.

O pragmático não sofre com procrastinação, pois ele nunca “deixa para amanhã o que se pode fazer hoje”.

Conceito de pragmático

A pessoa pragmática tende a usar mais a razão que a emoção, portanto age melhor sobre pressão. O pragmático sabe usar a lógica, raciocinar, identificar possíveis consequências, descartar o que não lhe é útil e identificar situações.

O Pragmatismo não significa necessariamente ausência de profundidade. Isto é, uma pessoa pragmática não é necessariamente superficial, por pensar e agir rápido. O pragmático pode ter conceitos e ideias profundas. A diferença é que ele acessa essas informações de maneira ágil e pratica, descartando o que não é aproveitável, segundo sua opinião.

A pessoa pragmática também não poder ser comparada a uma pessoa inconsequente. Isto se dá porque, embora o pragmático tende a agir rápido e pensar sem rodeios, ele age segundo a razão, com consequência lógica, pesado a causa e o efeito de suas ações e palavras.

Dito de maneira simples, o pragmático tende a resolver os problemas de maneira clara, seguindo uma sequencia logica, comparando o que já aconteceu com o que pode acontecer e reagindo conforme a razão.

Embora hoje em dia exista um conceito bem difundido da palavra, seu uso no dia a dia não deve ser confundido apenas com praticidade. O pragmático vai além de ser prático: ele não protela, não foge dos problemas, enfrenta os obstáculos propondo ideias e soluções rápidas que podem fazer a diferença e é produtivo em seu meio de trabalho.

Geralmente, pessoas em cargos de gerencia e liderança costumam ser pragmáticos, aderindo ao conceito filosófico muitas vezes sem se aperceberem disso. A pessoa em cargo de liderança que é pragmática costuma ter soluções rápidas para obstáculos de produtividade.


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.