Educação Infantil, Projetos Educativos, Volta às Aulas

Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental


Selecionamos nesta postagem excelentes sugestões para trabalhar as primeiras semanas de aulas com o Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental, com o objetivo de receber a comunidade escolar (alunos, pais, funcionários) de maneira alegre e eficaz.

Veja ainda:

Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental em PDF

Sempre pensando em facilitar para vocês, resolvemos disponibilizar alguns Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental, para download gratuito em PDF, confira o link a seguir e baixe:


Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental Inicial

Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental - Primeiras semanas

O que o aluno poderá aprender com esta aula

  • Aprender a ouvir o outro, estabelecendo relações criança/criança e criança/professor;
  • Desenvolver a linguagem oral;
  • Ampliar as possibilidades de aprendizagem artística;
  • Ampliar sua capacidade imaginativa e criadora; e
  • Interagir com as crianças do grupo.

Duração das atividades

  • A aula será composta por três momentos de 40 minutos cada um (sugerimos esta aula para crianças de quatro a seis anos de idade).

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

  • É interessante que o aluno já tenha participado de rodas de conversas.

Desenvolvimento:

1º Momento – Conversa na roda

Recursos – Tapete ou almofadas.

O professor convida as crianças para se sentarem em uma roda e conversarem sobre o que fizeram nas férias. Sugerimos organizar este momento em um local aconchegante, que não precisa, necessariamente, ser a sala de aula. Cada criança terá a oportunidade de falar alguma coisa que vivenciou nas férias.

O professor poderá realizar perguntas para ajudar as crianças a recordarem de situações vivenciadas e estimulá-las a falar, como por exemplo: o que fizeram nas férias? De que brincaram? Com quem ou como brincaram? Passearam ou visitaram amigos ou parentes? E, onde eles moram? Como se deslocaram: caminhando, de ônibus, de barco, de bicicleta ou de avião?

Na roda de conversa, o professor deve estar sempre atento às crianças mais tímidas, que necessitam ser encorajadas a falar e a serem ouvidas, garantindo-lhes a liberdade de expressão.

2º Momento- Pintando na posição Vertical.

Recursos – Papel sulfite ou cartolina, tinta guache, tampinhas, pincel, paninhos, água, fita adesiva, parede da escola.

Após a conversa na roda, o professor convida o grupo de crianças a se dirigir a uma área externa da escola, próxima a uma parede na qual seja possível fixar o papel para pintar.  O professor convida as crianças para pintarem no papel o que falaram na roda a respeito das férias.

É importante proporcionar espaço físico variado para a criança pintar ou desenhar e encaminhar situações de pintura em diferentes posições: em pé, sentado ou deitado. Neste caso, sugerimos folhas de papel grandes, colocadas na parede, à altura das crianças, para que elas possam pintar em pé. A escolha do professor de colocar o papel na posição vertical, isto é, colado na parede, proporciona à criança movimentos corporais diferentes e uma forma diferente de olhar o que está sendo feito.

Durante a atividade, o professor atende às diferenças individuais, estimula a criança a escolher o seu espaço e o papel na parede, as cores e o pincel. Para esta atividade, sugerimos uma folha de papel para cada criança e tinta guache distribuída em pequenas tampinhas. É importante possibilitar às crianças as trocas e exploração de novas cores. O professor pode aproveitar o momento para fazer perguntas sobre as cores, identificando-as ou solicitando que as crianças identifiquem as diferentes cores.

3º Momento – Envolvendo as crianças na organização de uma exposição para dar um novo visual nos espaços da escola.

Recursos– Fita adesiva, pinturas das crianças, local para expor os trabalhos.

O próximo encaminhamento é conversar com as crianças sobre as suas produções e propor a exposição destas. Para isso, o professor precisa antes ter identificado os espaços adequados para expor os trabalhos. Além disso, é importante o professor atentar na escolha cuidadosa do local para a exposição dos trabalhos das crianças de forma a garantir o cuidado para não danifica-los e o destaque de cada um.  Esse cuidado é uma demonstração da valorização da produção das crianças por parte do professor.

O material poderá ser exposto na sala de aula ou em outro espaço da instituição destinado às produções. Neste momento, o professor promove um diálogo com as crianças, destacando e valorizando as diferentes formas de expressão, bem como permitindo a cada uma das crianças não só apresentar e falar sobre a sua própria produção, como sobre a dos colegas. No entanto, como encontramos, no dia-a-dia, crianças que, após terminarem sua representação, preferem não falar sobre a sua experiência, isso precisa ser respeitado, embora seja também importante incentivá-las a se expressar.

Ao trabalhar com pintura, desenho e outras formas de expressão, é de suma importância que o professor tenha em mente que: “Em nosso trabalho registraremos uma visão processual e orgânica do desenvolvimento gráfico da criança. Este é cheio de idas e vindas, não ocorrendo linear e ascendentemente, principalmente por se tratar de processo”. (DERDYK, 1989, p. 21)

Avaliação

Esta avaliação deve ter como objetivo principal perceber se as crianças estão conseguindo se inserir no grupo e na escola, assim como coletar dados sobre seus interesses e necessidades, para poder pensar o planejamento das próximas aulas e projetos futuros de trabalho com o grupo. Nesse sentido, é importante que o professor fique atento a questões como as seguintes: As crianças conseguiram falar de suas férias? Conseguiram detalhar vivências? Foi possível ter uma ideia inicial de como está a linguagem oral das crianças? O espaço, no qual ocorreu a conversa, ajudou na concentração do grupo?  Como está o tempo de concentração das crianças? Como as elas interagiram com o material oferecido? Conseguiram explorar? Há crianças no grupo que não se sentiram à vontade para falar, ou para expressarem-se por meio da pintura?  Como as crianças lidam umas com as outras: demonstram respeito, conseguem ouvir, conseguem falar sucintamente etc.?

Enfim, o professor deve elencar aspectos importantes para conhecer o grupo e ter subsídios para o trabalho de ampliação dos conhecimentos das crianças e que proporcione aprendizagem e desenvolvimento ao longo do ano.


Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental

Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental - Primeiras semanas

Objetivo Geral: Receber a comunidade escolar (alunos, pais, funcionários) de maneira alegre e eficaz.

Objetivos Específicos

  • Tornar a escola um lugar atrativo para a criança, a fim de que ela se sinta segura ao conhecer os(as) professores(as) e colegas.
  • Apresentar à criança uma escola organizada, alegre e eficiente, onde existem regras e combinados, onde os professores(as) ensinam, mas também aprendem de forma harmoniosa e prazerosa.

Desenvolvimento

  • O primeiro dia de aula deve ser o mais alegre possível. Ao receber sua “turma”, apresente-se e, depois apresente cada um(a) dos alunos(as) aos(às) colegas com bastante entusiasmo.
  • A sala de aula já deve estar decorada para recebê-los com os cartazes afixados para serem usados durante o ano: “Ajudantes do dia” – “Quantos somos hoje?” – “Aniversariantes do mês” – “Calendário” -, etc.
  • Mostre todos os cartazes às crianças e explique como serão usados no dia-a-dia. em seguida, faça uma rodinha para, numa conversa informal, deixar que falem sobre eles: do que gostam de brincar, o que fazem quando estão em casa, se ajudam o “pessoal de casa”, quem são os(as) amigos(as) deles(as).
  • Depois, converse com a turma sobre as oportunidades que terá na escola para aprender coisas novas, jogos, brincadeiras, fazer novas amizades, etc.
  • Nesse momento, sugerimos que dê um trabalho livre. peça-lhes que desenhem o que quiserem, mas não interfira com sugestões.
  • Seja bastante observador(a) para, posteriormente, preparar suas aulas com base na vivência de sua turma. É provável que alguma criança não queira desenhar ou faça apenas alguns traços sem nenhuma definição. Durante o desenvolvimento dessa atividade, não force nenhum resultado, apenas converse com a criança encorajando-a.
  • Um passeio pelas dependências da escola na primeira semana de aula é fundamental. visite as salas de aula, a biblioteca, a diretoria, o pátio, etc., explicando aos(às) alunos(as) a função de cada dependência escolar.

Saiba mais:


Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental – Para imprimir

Confira a seguir uma excelente sugestão de projeto volta às aulas para ensino fundamental, elaborado pela professora Valéria, do blog Ensinando com Carinho com o objetivo de proporcionar aos alunos a alegria de voltar à escola, despertando nos mesmos a vontade de estudar, de brincar e de socializar-se.

Projeto Volta às aulas para Ensino Fundamental - Primeiras semanas

Veja também:


2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *